JUSTIÇA

JUSTIÇA -

Três detidos por despirem, amordaçarem e amarrarem homem para roubar em Braga

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Três homens foram detidos pela PJ, na terça-feira, por serem os autores de um roubo violento ocorrido no passado mês de Março, durante o qual despiram, amordaçaram e amarraram a vítima, abandonando-a depois na via pública, na cidade de Braga.

Em causa estão os crimes de roubo e sequestro agravados, acesso ilegítimo, abuso de cartão de garantia ou de cartão, tráfico de estupefacientes e detenção de arma proibida, revelou a autoridade num comunicado enviado esta quarta-feira às redacções.

A investigação foi activada pela PSP, que foi chamada para uma “possível situação de sequestro” após um homem “desnudado no tronco, amordaçado e manietado, com evidentes sinais de agressões físicas” ter sido localizado.

O crime ocorreu na madrugada de 12 de Março, quando os “suspeitos localizaram a vítima e introduziram-na numa viatura comercial, com recurso a violência física”.

No interior da viatura, “manietaram-na e continuaram a agredi-la, conseguindo que lhes revelasse os códigos dos cartões bancários e exigindo a entrega de dinheiro”. No fim, abandonaram-na.

Posteriormente, a investigação “permitiu identificar um grupo de indivíduos que, de forma premeditada, viajaram desde a zona centro e sul do país em viaturas alugadas, tendo por objectivo o cometimento dos crimes planeados”. Os três detidos – um com 40 e dois com 46 anos – são residentes em Portimão, Moita e Loures.

Foram ainda efectuadas diversas diligências de investigação, designadamente com utilização de meios especiais de obtenção de prova, nas quais foram “cumpridas buscas domiciliárias e não domiciliárias”, que levaram à apreensão de diversos objectos relacionados com os crimes praticados, além de substância estupefaciente (cocaína e anfetaminas), um revólver, diversas munições e uma considerável quantia em dinheiro.

Os detidos, todos desempregados e com antecedentes criminais, serão presentes às autoridades competentes para interrogatório judicial e aplicação de medidas de coacção.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
3€ / mês

* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 36€ / ano.