JUSTIÇA -

JUSTIÇA - -

Tribunal condenou 21 por tráfico de droga em Braga, Porto, Matosinhos e Gaia. Que introduziam nas cadeias…

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Traficavam droga, (cocaína, heroína e haxixe), em Braga, Porto, Matosinhos e Vila Nova de Gaia. E introduziam-na nas cadeias de Santa Cruz do Bispo e de Paços de Ferreira. 21 deles, 14 homens e sete mulheres, foram condenados no Tribunal de Braga. Um foi absolvido.

O colectivo de juízes condenou-os, a maioria por tráfico de estupefacientes agravado, a penas que variam entre 11 anos e um ano de prisão. A pena maior foi para Bruno Rodrigues, seguido de Pedro Rodrigues (oito anos e dez meses), Nuno Dias (sete anos e seis meses), Amadeu dos Santos (sete anos), Cláudia Amaral (seis anos) e Marco Oliveira e Ricardo Azevedo (cinco e seis meses). Todos estes com prisão efectiva.

O Ministério Público acusava Amadeu Santos, de 43 anos e Cláudia Carvalho, de serem os «capos» do esquema de distribuição de droga, já que “actuavam em comunhão de esforços” para a colocar no Porto, em Lordelo do Ouro, e noutras zonas. Vendiam, também estupefacientes na zona da Ribeira, a turistas. Eram, ainda, fornecedores de pessoas a cumprir pena em Paços de Ferreira, em cuja cadeia conseguiam introduzir as drogas.

PUBLICIDADE

Entre 2014 e 2018 forneceram também dois arguidos de Braga que a vendiam a consumidores locais nomeadamente no Bairro das Enguardas e na zona de Gualtar.

A investigação policial enumera mais de 150 vendas de drogas nas duas cidades. Aquando das buscas a casa dos principais arguidos foram apreendidos 200 gramas de cocaína. Os valores apreendidos, 7.127 euros e duas viaturas, revertem a favor do Estado.

Seis dos arguidos vão continuar em prisão preventiva, até ao trânsito em julgado do acórdão.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS