JUSTIÇA

JUSTIÇA -

Tribunal manda suspeito de tentativa de homicídio em Caminha para prisão preventiva em hospital psiquiátrico

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Um homem de 76 anos fortemente indiciado pela prática de crime de homicídio qualificado na forma tentada, em Abril, em Caminha, vai ficar em prisão preventiva, através de internamento em hospital psiquiátrico, informou esta sexta-feira a PJ.

Em comunicado, a PJ de Braga afirma que o homem foi detido, na quinta-feira, fora de flagrante delito, “no cumprimento de mandado de detenção emitido pela autoridade judiciária”, por suspeitas da prática de um crime de homicídio qualificado na forma tentada.

PUBLICIDADE

A PJ refere que o homem vai aguardar “prisão preventiva que será cumprida através de internamento preventivo em hospital psiquiátrico ou outro estabelecimento análogo adequado”, medida que lhe foi decretada após ter sido presente às autoridades judiciárias competentes no Tribunal de Caminha.

O caso ocorreu no fim da tarde de 22 de Abril, “na via pública, numa freguesia do concelho de Caminha, no exterior da residência do agressor e da vítima, esta com 50 anos de idade, onde, por motivos fúteis, o autor, munido de uma machada, desferiu, pelo menos, dois golpes na cabeça e braço da vítima, causando-lhe lesões que obrigaram à intervenção do INEM” e ao transporte para o Hospital de Viana do Castelo, explica a PJ.

Segundo aquela força policial, “o agressor também acabou por ser transportado ao mesmo hospital por apresentar lesões resultantes de queda e por se encontrar mentalmente instável/ desorientado”.

A PJ “desencadeou de imediato diligências de investigação para recolha de elementos de prova, sendo apreendido o instrumento utilizado para a prática do crime”.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.