SAÚDE

SAÚDE -

Utentes do Vade vão ser atendidos provisoriamente no Centro de Saúde de Vila Verde

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O director do Agrupamento de Centros de Saúde (ACeS) Gerês Cabreira, Nuno Oliveira, garantiu esta segunda-feira que os serviços da extensão de saúde do Vade «serão instalados no Centro de Saúde de Vila Verde, temporariamente e com todas as condições, tanto de segurança como de conforto para a prestação dos cuidados necessários».

Nuno Oliveira falava à margem de uma visita efectuada às instalações de saúde da Portela do Vade e de Vila Verde, pelo deputado do Bloco de Esquerda eleito pelo círculo de Braga, Pedro Soares.

«É verdade que as instalações não ficam na Portela e esse pode ser um constrangimento. Por isso é que as deslocações serão asseguradas pelo Município, cinco vezes por dia e distribuídas ao longo do tempo», acrescentou o director do ACeS.

PUBLICIDADE

Nuno Oliveira explicou ainda que «as questões administrativas, como entrega de documentos e receituário, serão tratadas no gabinete do cidadão na Portela do Vade para assim minimizar ao máximo o constrangimento que existe».

«A equipa de saúde, constituída por médicos, enfermeiros e secretários clínicos, funcionará no Centro de Saúde de Vila Verde e os horários serão os mesmos. Portanto, nada se alterará nas rotinas da unidade, a não ser as instalações», concluiu.

VISITA DE PEDRO SOARES

Pedro Soares, deputado do Bloco de Esquerda eleito pelo círculo de Braga, visitou durante o dia de hoje vários centros de saúde no distrito, entre os quais a extensão de saúde do Vade, que já motivou uma pergunta do parlamentar bloquista ao Governo.

«O caso da Portela do Vade foi o que motivou a nossa vinda», esclareceu, sublinhando que «o objectivo é fazer um diagnóstico da situação da prestação de cuidados de saúde básicos em termos do Serviço Nacional de Saúde», disse.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS