Vale a pena a vacina da gripe?

Vale a pena a vacina da gripe?

Sabemos que a gripe é uma doença provocada por um vírus, é contagiosa e, na maior parte dos casos, resolve espontaneamente. De facto, a maioria das pessoas que contacta com o vírus da gripe e que manifesta a doença acaba por recuperar sem sequelas. No entanto, sabe-se, também, que a gripe pode causar sérios problemas e complicações em determinadas situações, levando à hospitalização e, inclusivamente, à morte, particularmente nos adultos com idades superiores a 65 anos e naqueles que padecem de algumas patologias crónicas como, por exemplo, a diabetes ou determinadas doenças do aparelho respiratório.

A vacina é uma forma eficaz de proteção contra a doença, sendo a principal medida de prevenção. Todos os anos o vírus da gripe vai sofrendo modificações, razão pela qual, a vacina tem que ser apropriada ao vírus da gripe circulante, facto que explica o porquê de a vacinação ser anual.

A Direção-Geral da Saúde recomenda fortemente a vacinação a pessoas com idade igual ou superior a 65 anos, doentes crónicos e imunodeprimidos, grávidas e profissionais de saúde e outros prestadores de cuidados.

PUBLICIDADE

Sabe-se que as grávidas e as mulheres no pós-parto têm um risco aumentado de apresentar grande morbilidade e complicações relacionadas com o vírus da gripe, particularmente se a infeção ocorrer durante o segundo e o terceiro trimestre da gravidez. Por isso, o Advisory Committee on Immunization Practices e o American College of Obstetricians and Gynecologists, assim como a Direção-Geral da Saúde, recomendam a vacinação contra a gripe às grávidas ou às mulheres que poderão vir a estar grávidas durante a época gripal. Nesta matéria, importa ressalvar o facto de também ser uma evidência científica que a vacinação da grávida confere proteção, não só, à mãe, mas também à criança, no pós parto.

A vacina da gripe é disponibilizada, gratuitamente, nos Centros de Saúde para alguns grupos de risco. Informe-se e aconselhe-se com o seu médico ou enfermeiro de família e não deixe escapar, se tiver indicação para tal. A oportunidade de se vacinar e proteger a sua saúde!