VILA VERDE –

VILA VERDE – -

Vereador José Morais acusa Câmara de censurar oposição

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O vereador do PS José Morais acusou, esta sexta-feira, a Câmara de Vila Verde de fazer censura à oposição, dizendo que a notícia da requalificação da EN101, no valor de 8 milhões de euros, foi «censurada na página do Município».

«Na sua edição de ontem, um jornal local (Correio do Minho) na sua página 10, faz uma notícia sobre a requalificação da EN101 com a minha fotografia e, mesmo ao lado, uma outra notícia sobre uma actividade no concelho, actividade que merece o meu aplauso», começa por explicar.

PUBLICIDADE

Todavia, acrescenta, «num acto de absoluta censura, na página oficial de Facebook do Município de Vila Verde é publicada a página 10 desse jornal local (Correio do Minho) omitindo  a notícia da requalificação da EN101, onde aparece a fotografia do vereador da oposição».

«O que leva a Câmara a censurar tal notícia? Por que razão a Câmara esconde na sua página a uma conquista do povo vilaverdense? Por que razão a Câmara esconde na sua página que o Governo investe 8 milhões na requalificação da EN101?», questiona.

E acrescenta: «Será que fizeram a censura porque a notícia sobre a requalificação da EN101 é uma obra do governo PS com a minha fotografia e a outra notícia tem a fotografia de dois vereadores do PSD?».

Para o vereador, «hoje é claro para todos que o executivo PSD em Vila Verde ao longo dos últimos 20 anos não encarou os problemas das vias de comunicação como prioridade da sua acção. Basta ver o estado em que se encontram as estradas municipais».

«Também é claro que a autarquia foi subserviente ao poder central. Se o PSD estiver no Governo, o presidente da Câmara nada reivindica nem se lembra da necessidade de obras ou sequer da Variante», diz.

Para José Morais, «no momento em que o Governo do PS anuncia a obra de requalificação da EN101 no valor de 8 milhões de euros, a Câmara tenta esconder da população essa decisão e “apagar da fotografia” os que lutam abertamente pela causa».

«Não estou preocupado com a fotografia, pois isso é o menos. Estou preocupado, e muito preocupado mesmo, com a censura. Censura que não se aplica, por exemplo, quando deputados do PSD fazem acções políticas no concelho que até merecem destaque nessa mesma página do Município de Vila Verde», refere.

No entendimento de Morais, «a luta pelos valores fundamentais da democracia pode não dar votos mas tem que ser feita todos os dias por todos».

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS