VILA VERDE

VILA VERDE -

Vila Verde avança com acções de “fogo controlado” para prevenir incêndios florestais

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

No âmbito da estratégia de prevenção contra incêndios florestais, o Município de Vila Verde despoletou a «realização de diversas acções de fogo controlado em zonas de mato e vegetação infestante do concelho».

A presidente da Câmara Municipal, Júlia Fernandes, e o vereador do ambiente e protecção civil, Patrício Araújo, acompanharam esta sexta-feira as acções de “fogo controlado”, que decorreram no Monte da Mourenta, abrangendo áreas das freguesias de Esqueiros, Nevogilde e Travassós, de Dossãos e da Ribeira do Neiva.

Em nota enviada, Júlia Fernandes destaca a «especial importância da prevenção de incêndios para o concelho de Vila Verde, tendo em conta as especificidades de um território que se diferencia pelo seu património natural e paisagístico que representa uma assumida mais-valia na estratégia de desenvolvimento do concelho».

PUBLICIDADE

Aproveitando as condições meteorológicas favoráveis para a gestão de combustível através do uso do “fogo controlado”, estas intervenções enquadram-se num planeamento de acções de prevenção, de carácter plurianual, integradas no Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndio (PMDFCI).

O objectivo principal – segundo explicou Patrício Araújo – é «reduzir a carga de combustível existente, de modo a criar descontinuidades na vegetação, aumentando desta forma a resiliência do território à propagação de incêndios rurais».

“FOGO CONTROLADO”

Concretizadas sempre com a preocupação de salvaguardar a fauna destas zonas, as acções de “fogo controlado” permitem, «simultaneamente, dar resposta às necessidades dos agentes locais, nomeadamente baldios, pastores e caçadores, resultando assim em acções de prevenção de incêndios rurais de uma forma integrada».

As acções de “fogo controlado” – que tiveram lugar nos últimos três dias – envolveram equipas de sapadores da Associação Florestal do Cávado, o Gabinete Técnico Florestal do Município de Vila Verde e a Equipa Municipal de Intervenção Florestal (EMIF).

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.