SOLIDARIEDADE –

SOLIDARIEDADE – -

Vila Verde lança acções para apoio às vítimas do ciclone Idai em Moçambique

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Em apoio às vítimas do ciclone Idai, que devastou regiões de Moçambique, o Município de Vila Verde vai concretizar um conjunto de diversas acções de solidariedade a favor das populações afectadas, incluindo donativos, recolha de bens e eventos públicos para angariação de fundos.

Na próxima reunião de Câmara, o executivo social-democrata vilaverdense vai propor um donativo de 5.000 € para ajudar a UNICEF na missão que está a desenvolver no terreno, apoiando as cerca de 200 mil crianças que estão a precisar de vacinação e que carecem de muitas outras necessidades.

PUBLICIDADE

O Município de Vila Verde vai avançar já na próxima segunda-feira com a colocação no concelho de vários pontos de recolha de bens essenciais e prioritários, que serão enviados, através da Associação Portuguesa de Moçambique, para as pessoas que necessitam dos donativos com urgência.

Brevemente, em data a anunciar, decorrerá um concerto solidário organizado em parceria com a Academia de Música de Vila Verde, cujos contributos reverterão a favor das vítimas causadas pelo ciclone.

Em comunicado, a Vereadora da Cultura, Educação e Acção Social da Câmara Municipal de Vila Verde, Júlia Fernandes, manifesta a sua preocupação com a «situação dramática» que se vive em Moçambique e apela a solidariedade de todos os vilaverdenses.

«É muito importante que o concelho de Vila Verde se una em prol desta causa humanitária e que todos possamos contribuir para ajudar e minorar o sofrimento das vítimas desta enorme catástrofe natural», apelou a autarca.

Para esta campanha de solidariedade, os contributos deverão ser alimentos não perecíveis (enlatados e empacotados), vestuário e calçado (para clima tropical), produtos de higiene pessoal (sabonetes, pensos e shampôs), meios de saneamento e purificação de água (cloro, detergentes) e bens de abrigo (como tendas, cobertores, lençóis ou colchões).

A catástrofe natural causada pela passagem do ciclone tropical Idai, em Moçambique, Maláui e Zimbabué, no passado dia 14 de Março, provocou um elevado número de feridos e centenas de vítimas mortais, que não param de aumentar, tendo despoletado o desalojamento de milhares de pessoas.

Além das vítimas e da destruição massiva, somam-se também as preocupações pelo futuro dos sobreviventes, moçambicanos e também portugueses.

«Neste momento de grande pesar, o concelho de Vila Verde manifesta a sua genuína solidariedade com o povo moçambicano, no qual muitos portugueses têm raízes e disponibiliza o seu apoio. O Município de Vila Verde agradece, desde já, o contributo de todos os que possam ajudar», refere a autarquia.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS