DESPORTO

DESPORTO -

Vilaverdense perde no último minuto e complica permanência

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A equipa do Lank FC Vilaverdense deixou escapar o empate no último suspiro do jogo e complicou muito as contas para continuar nos nacionais de futebol.
A derrota, esta tarde, em casa, por 1-2, diante do Merelinense atira para a última jornada as contas da permanência. Assim, a formação de Carlos Cunha terá de pelo menos empatar na deslocação ao terreno do Maria da Fonte, já que o Vidago ganhou ao Cerveira.

O Vilaverdense até entrou bem no jogo e adiantou-se no marcador com um golo de Edmilson, aos oito minutos. Um lance em que  o jovem guarda-redes Pedro Costa, que substituiu Rui Rêgo, não esteve isento de culpas.

No entanto,  o Merelinense reagiu quase de imediato e Luís Ferraz, num livre direto, empatou o jogo. Antes do intervalo, Pedro Costa, redimiu-se do erro e no duelo com Edilson levou a melhor, evitando por duas vezes o golo no mesmo lance.

PUBLICIDADE

Na segunda parte, o Merelinense esteve melhor que o adversário que se preocupou em demasia em segurar o ponto da salvação. O jogo não teve grandes oportunidades de golo, mas mesmo assim, foram os visitantes que estiveram sempre mais perto de marcar.

Carlos, aos 90 minutos, evitou o golo de Bruno Fernandes, mas mesmo no último suspiro da partida (90+4’), Rui Faria, cometeu falta sobre Bruno Fernandes e o próprio  encarregou-se de dar a vitória à sua equipa e complicar a vida ao adversário.

 

 

 

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS