PAÍS

PAÍS -

17 capitais de distrito registaram subidas nos preços das casas

Share on facebook
Share on twitter
Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Segundo o índice de preços do “Idealista”, as casas em Portugal ficaram mais caras em 17 capitais de distrito, durante o período de Julho e Agosto, sendo que é Guarda (9.2%) a liderar esta subida, acompanhada por Braga (3.7%).

Aveiro surge imediatamente a seguir à cidade bracarense, à qual se seguem Funchal (3%), Faro (2,8%), Portalegre (2,7%), Évora (1,9%), Setúbal (1,5%), Santarém (1,1%), Bragança (1%) e Porto (1%).

Por outro lado, os preços apenas desceram em Viana do Castelo (-2,4%), Ponta Delgada (-1,5%) e Vila Real (-1,4%)

PUBLICIDADE

De acordo com o estudo, comprar casa tinha um custo de 2.393 euros por metro quadrado (euros/m2) no final do mês de Agosto deste ano, tendo em conta o valor mediano.

Dessa forma, Lisboa continua a ser a cidade onde é mais caro comprar casa: 5.004 euros/m2. Porto (3.108 euros/m2) e Funchal (2.532 euros/m2) ocupam o segundo e terceiro lugares, respectivamente.

Seguem-se Faro (2.420 euros/m2), Aveiro (2.370 euros/m2), Setúbal (2.065 euros/m2), Évora (1.809 euros/m2), Coimbra (1.611 euros/m2), Braga (1.519 euros/m2), Ponta Delgada (1.497 euros/m2), Viana do Castelo (1.383 euros/m2).

Já as cidades mais económicas são Portalegre (644 euros/m2), Guarda (776 euros/m2), Castelo Branco (783 euros/m2), Bragança (829 euros/m2), Beja (838 euros/m2), Santarém (917 euros/m2), Vila Real (1.085 euros/m2), Leiria (1.273 euros/m2) e Viseu (1.275 euros/m2).

Por fim, de referir que o ranking dos distritos mais caros para comprar casa é também liderado por Lisboa (3.841 euros/m2), seguido por Faro (2.844 euros/m2), Porto (2.372 euros/m2), ilha da Madeira (2.273 euros/m2), Setúbal (2.200 euros/m2), Aveiro (1.592 euros/m2), ilha de Porto Santo (1.533 euros/m2) e Braga (1.405 euros/m2).

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.