ROTA DAS COLHEITAS –

ROTA DAS COLHEITAS – -

Aboim da Nóbrega recriou malhada de centeio à moda antiga

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A tradição da malhada do centeio regressou em força a Aboim da Nóbrega. A eira de David Martinga voltou a ser palco, este sábado, da recriação de uma das práticas ancestrais, numa reconstituição que procurou ser o mais fiel possível aos tempos antigos.

Não faltaram os trajes de época, as alfaias de outrora, a música popular e o merendeiro no final.

PUBLICIDADE

Tal como acontecia em tempos antigos, o final da malhada foi sinónimo de merenda farta, com mesa recheada com os mais variados petiscos: pataniscas, broa caseira, presunto e, claro, o vinho típico da região.

O presidente da Junta de Aboim da Nóbrega e Gondomar, João Fernandes, realça a importância da recriação desta prática do mundo rural.

«É muito importante que a tradição não desapareça. A malhada de centeio é uma actividade que merece todo o respeito», refere.

A recriação da tradicional malhada do centeio é organizada pela Junta da União de Freguesias de Aboim da Nóbrega e Gondomar e insere-se na programação Na Rota das Colheitas, do Município de Vila Verde.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.