VILA VERDE

VILA VERDE -

Academia de Música de Vila Verde promoveu cerimónia para assinalar 25 anos de existência

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Academia de Música de Vila Verde (ACMVV) promoveu, esta sexta-feira, uma cerimónia para assinalar os 25 anos de existência da instituição (já cumpridos no ano transacto -2020 – mas que face às contingências marcadas pela pandemia não tinham ainda sido assinalados com uma cerimónia comemorativa). No uso da palavra, o Presidente da Academia de Música, Júlio Dias, classificou a escola como uma instituição de «referência no ensino artístico da música, reconhecida a nível local, regional e até nacional», acrescentando que «para nós, comemorar é lembrar, reconhecer e agradecer o passado e o presente e sobretudo projectar o futuro».

Para além dos momentos musicais “de excelência” protagonizados pelos alunos com o apoio dos professores, a sessão contou ainda com um vídeo comemorativos dos 25 anos do estabelecimento de ensino e alguns discursos, tendo usado da palavra o Director-Geral dos Estabelecimentos Escolares, João Gonçalves, o Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, António Vilela e ainda do Presidente da ACMVV, Júlio Dias.

«PROPORCIONAR A TODOS OS VILAVERDENSES A POSSIBILIDADE DE PODEREM ACEDER AO ENSINO ARTÍSTICO DA MÚSICA»

PUBLICIDADE

Para o Presidente da Academia de Música de Vila Verde, Júlio Dias, é mais que justo «lembrar os fundadores e aqueles que trabalharam para que a Associação se mantivesse e cumprisse a sua principal missão, aquela pela qual nasceu, de proporcionar a todos os vilaverdenses a possibilidade de poderem aceder ao ensino artístico da música sem terem que sair da sua terra».

«Queria ainda agradecer a todos quantos ajudaram esta Associação a prosseguir da melhor forma os seus fins até aos dias de hoje. Todos são credores da nossa gratidão e reconhecimento. Queremos continuar a contar com todos e estamos disponíveis para colaborar. Queremos uma academia cada vez mais dinâmica e participativa em tudo o que respeita à vida musical e cultural de Vila Verde e não só», apontou.

OBRAS NECESSÁRIAS

Júlio Dias lembrou ainda que a Academia necessita de uma intervenção por forma a «melhorar as condições logísticas», para que estas se mostrem «dignas e cada vez melhores».

«Aproveito a oportunidade para pedir ajuda por forma a melhorar as condições logísticas desta casa ao nível do telhado, das janelas e insonorização das salas, obras que implicam um investimento financeiro que pode ultrapassar os 100 mil euros. Necessitamos todos de continuar a trabalhar para que os alunos possam ter condições logísticas dignas, cada vez melhores e sobretudo um ensino melhor e que faça deles bons músicos e boas pessoas», notou.

«ACADEMIA CONTINUA NUMA PERSPECTIVA FORTE DE CRESCIMENTO E AFIRMAÇÃO»

Segundo o Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, António Vilela, a Academia de Música «continua numa perspectiva forte de crescimento e afirmação. Ao celebrar 25 anos da instituição, é tempo de fazer um balanço daquilo que está feito mas também é tempo de fazer um projecto e definir novas linhas orientadoras para o futuro. A Academia sabe fazê-lo e bem».

«A Academia é merecedora de todo o nosso reconhecimento e agradecimento, não só pela formação que no dia-a-dia faz mas também pelas iniciativas que desenvolve e valorizam o Concelho», acrescentou o autarca.

Numa palavra final, António Vilela afirmou ainda que «uma instituição deste nível pode sempre contar com o Município como um parceiro sério e empenhado em continuar a levar para a frente aquilo que é um interesse comum, de ter no nosso território jovens que não percam o seu talento e que aproveitem essas oportunidades».

«TEMOS DE TRABALHAR MAIS EM REDE, CONSTRUINDO MAIS E MELHOR»

Também o Director-Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGESTE), João Gonçalves, subiu ao púlpito, começando por afirmar que «a Educação é um caminho feito por todos. Nos últimos 40 anos fizemos um percurso extraordinário enquanto País, pois nunca tivemos tantos jovens a estudar nas nossas escolas, nunca tivemos um abandono escolar tão baixo, uma taxa de sucesso tão boa, tantos jovens a entrar no ensino superior».

Acrescentou, ainda, que «foi um percurso de enorme sucesso que Portugal fez. Todos nós conseguimos criar este conjunto de grande sucesso. Desafio-vos a ajudar e a fazer mais e melhor pelo sistema educativo, trabalhando mais em rede e construindo mais e melhor».

Mais desenvolvimentos na edição impressa de Junho de 2021

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS