BRAGA

BRAGA -

Altice Forum Braga é referencial de inovação e qualidade de padrões internacionais

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A requalificação do Altice Forum Braga “foi um momento marcante para a cidade” que o transformou num “referencial de inovação e qualidade” internacional. A ideia foi defendida, esta sexta-feira, por Ricardo Rio na comemoração do segundo aniversário daquele equipamento.

O presidente da autarquia afirmou que ao longo dos últimos dois anos, o equipamento assumiu “um papel determinante na estratégia de dinamização de toda a região” ao acolher diversos eventos e a atrair parceiros nacionais e internacionais, conquistando, deste modo, “um lugar de destaque na vida da cidade e dos bracarenses”.

“A requalificação do Altice Forum Braga foi um momento marcante para a cidade. Este equipamento sofreu uma intervenção transformadora que não se limitou a reabilitar fisicamente o espaço, mas que efectivamente promoveu a sua reinvenção. Passou a ter o maior auditório do Norte do país, a grande nave passou a ser um dos espaços mais versáteis que existem a nível nacional e todo o equipamento foi desenhado para poder corresponder a uma multiplicidade de eventos”, referiu o também presidente da InvestBraga durante a sessão de abertura da conferência comemorativa ‘Fórum Turismo de Negócios: a retoma’.

PUBLICIDADE

Na sessão que contou com a directora coordenadora do Turismo de Portugal, Lídia Monteiro, o autarca sustentou que a transformação do antigo Parque de Exposições em Altice Forum Braga “posiciona este equipamento num referencial de inovação e qualidade tendo em conta os padrões internacionais”.

Recordando que o Altice Forum Braga conta já com mais de 380 eventos realizados e com a visita de mais de 776 mil pessoas, distribuídas por congressos, espectáculos, concertos, festivais, eventos desportivos e corporativos, Rio sublinhou que “a realidade veio corroborar esta aposta e demonstrar que valeu a pena todo o investimento realizado”.

Com esta multitude de eventos já realizados, o Altice Forum Braga tem atraído todo “o tipo de público e diversos parceiros que viram neste equipamento todas as condições para realizarem os seus projectos”.

“Este é um espaço multifuncional com um potencial de aproveitamento enorme que tem sido valorizado pelos nossos parceiros e disso têm beneficiado os bracarenses”, frisou, lembrando “o retorno financeiro que o Altice Forum Braga proporcionou à cidade e a toda a região”.

A realização do Dance World Cup, uma competição mundial que teve lugar no ano transacto, e que levou a Braga cerca de 27 mil visitantes, oriundos de 60 países, gerando para a economia local “um retorno directo superior a 12 milhões de euros”, é um dos exemplos.

SINAL DE ESPERANÇA

Numa altura delicada para o sector, Ricardo Rio lembrou que, por força das circunstâncias da pandemia, o espaço vai perder cerca de 80% do número de visitantes, o que representa uma perda de aproximadamente 1 milhão de euros das receitas directas de eventos que normalmente seriam realizados no espaço.

“Ao assinalar este aniversário com o foco na retoma do turismo de negócios, estamos a dar um sinal de esperança e a mostrar que o trabalho que temos desenvolvido, em parceria com diversas entidades de áreas muito distintas, é para continuar e queremos voltar a ter a casa cheia tão cedo quanto possível”, concluiu Ricardo Rio, destacando o papel de toda a equipa da InvestBraga nestes últimos dois anos.

A conferência contou também com as intervenções de Luís Pedro Martins, presidente do Turismo Porto e Norte, Vitor Costa, presidente da Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa, e de João Fernandes, presidente da Região de Turismo do Algarve, que analisaram os desafios da retoma para o sector.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS