BRAGA

BRAGA -

Alunos do Conservatório de Música de Braga promovem concerto solidário esta sexta-feira

Share on facebook
Share on twitter
Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Cerca de 100 alunos do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga reúnem-se em palco, esta sexta-feira, para um concerto solidário para com as crianças desfavorecidas e em risco de exclusão social da região de Kandhamal, na India.

Realizado no âmbito de um projecto da ANDI – Associação Novo Diálogo, em colaboração com a iniciativa Portugal-UK 650, o evento, que conta com a participação da Orquestra de Cordas do 2º ciclo, os coros do 2.º e 3.º ciclo e Supletivos do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga, está marcado para as 21h30, no Auditório Adelina Caravana, nas instalações da instituição.

Maria João Rodrigues de Araújo, a presidente da iniciativa explica que “associamo-nos ao projecto de Kandhamal para potenciar que crianças e jovens, através da arte e do seu talento, possam contribuir para a melhoria da qualidade de vida de outras crianças em situação de vulnerabilidade. E isso deixa-nos encorajados pois sabemos que estamos a contribuir para fomentar esses princípios de solidariedade e para a tomada de consciência sobre as problemáticas do mundo actual”.

Os bilhetes podem ser adquiridos na portaria do Conservatório e têm o custo unitário de 2 euros, revertendo a totalidade das receitas a favor da ANDI.

A realização deste concerto surge no seguimento da participação da Comunidade Educativa do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga nas comemorações dos 650 anos da Aliança Luso-Britânica, que decorrem entre 2022 e 2023, entre Portugal e o Reino Unido.

O cartaz do concerto solidário foi elaborado por um aluno do Conservatório, de 12 anos de idade, que também realizou um filme sobre a ANDI – Associação Novo Diálogo e o Projecto de Kandhamal (https://youtu.be/QDhMAo9kz70).

Os bilhetes podem ser adquiridos na portaria do Conservatório e têm o custo apoiando o projecto Kandhamal que presta ajuda ao estudo das crianças de ajuda financeira e acções de sensibilização, nomeadamente na escola criada pela ANDI em 2019, em Kandhamal, uma das regiões mais pobres da Índia. O objectivo é diminuir o abandono escolar e aumentar a qualidade de vida das crianças, das suas famílias e das suas aldeias.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
3€ / mês

* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 36€ / ano.