SAÚDE - 

SAÚDE -  -

Bloco de Esquerda quer reversão da PPP do Hospital de Braga

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda (BE) pretende que o Governo esclareça se está disponível para reverter o Hospital de Braga para a gestão pública, uma vez que “as PPP são caras para o Estado e não trazem nem melhores cuidados de saúde, nem poupanças em relação à gestão pública”.


Na sequência da denúncia do Bastonário das Ordens dos Médicos, relativa à falta de 5 médicos especialistas no Serviço de Ginecologia e Obstetrícia, o BE questionou o Ministério da Saúde, para saber se o executivo de António Costa está disponível para “averiguar o caso e a obrigar a entidade gestora da PPP de Braga a proceder à contratação de mais médicos”.

No documento subscrito pelo deputado Pedro Soares, os bloquistas referem que “os relatos descrevem um cenário para os profissionais onde a pressão e a falta de tempo são diárias e as horas extraordinárias que são feitas vão para além do que é legalmente permitido, colocando em causa a qualidade dos cuidados prestados, assim como a segurança dos utentes, pelo que se exige é que existam profissionais em número suficiente e não poucos profissionais a trabalhar para além do seu limite”.

PUBLICIDADE

“A gestão do Hospital de Braga está nas mãos da José de Mello Saúde, num contrato que termina a 31 de agosto de 2019 e que não deve ser renovado pelo Estado”, conclui.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.