BRAGA

BRAGA -

Braga 2018 – Cidade Europeia do Desporto teve “papel fulcral” para a criação de uma “nova realidade” desportiva diz Rio

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O presidente da Câmara de Braga, Ricardo Rio, considera que a Braga 2018 – Cidade Europeia do Desporto (CED) teve um “papel fulcral” ao actuar “como o motor do crescimento da prática desportiva dos bracarenses”.

Paralelamente, afirma, em nota à imprensa, que a autarquia “tem vindo a adoptar políticas de igualdade na distribuição dos apoios à prática desportiva, tratando todas as modalidades e clubes por igual e em articulação com todos os agentes da sociedade”.

PUBLICIDADE

Rio afirma que “esta nova realidade” se deve assim ao “papel fulcral” da Braga 2018 – Cidade Europeia do Desporto (CED), ao actuar “como o motor do crescimento da prática desportiva dos bracarenses”.

O autarca recorda o “legado inestimável” que a CED 2018 deixou a Braga. “Fomos internacionalmente reconhecidos pelo trabalho que desenvolvemos numa área crucial para a qualidade de vida dos cidadãos. Somos um exemplo europeu a seguir na promoção do Desporto e no desenvolvimento de programas municipais de incentivo à prática desportiva junto de toda a população, com benefícios ao nível da promoção da saúde, integração e educação”, acrescenta.

Ricardo Rio avança que autarquia investiu entre 2014 e 2020 mais de 7,5 milhões de euros em contratos-programa de desenvolvimento desportivo para as mais diversas modalidades, o que se traduziu no “aumento do número de atletas que praticam actividade física e desportiva de forma regular e orientada”.

Recorda que o município dispõe de 14 programas desportivos municipais dirigidos a diferentes faixas etárias. “A promoção da actividade física, enquanto promotor de saúde e bem-estar, é o objectivo destes programas que, desde 2013, já envolveram mais de 21.500 pessoas”, sintetiza.

REQUALIFICAÇÕES

O autarca aponta ainda os investimentos na requalificação das instalações desportivas do concelho. A criação do Centro de Lançamentos Dr. Braga dos Anjos, a requalificação da pista de atletismo do Estádio 1.º de Maio, dos balneários e edifício de apoio da Piscina da Ponte, a cobertura da bancada do Complexo Desportivo das Camélia, a construção dos campos de padel e coberturas do campo de ténis da Rodovia, a requalificação e ampliação do Parque Desportivo da Rodovia, ampliação das infra-estruturas de apoio da Rodovia, colocação de novo piso no Complexo Desportivo de Maximinos e a requalificação do polidesportivo das Enguardas foram algumas obras realizadas.

O investimento no Desporto estendeu-se também ao pagamento das filiações dos escalões jovens em todas as modalidades desportivas, incluindo o desporto adaptado, e ao pagamento das taxas de organização de jogos de campeonatos formais, a que se juntam os cartões de filiação de treinadores, dirigentes e massagistas/fisioterapeutas.

Desde 2017, refere também, o município apoia as colectividades desportivas a adquirir viaturas de transporte, até 9 lugares, para atletas dos escalões de formação. Mais recentemente, a autarquia passou a assegurar o pagamento dos exames médico-desportivos a todas as atletas federadas, um apoio que se estende às atletas federadas do escalão sénior.

Tendo em conta a nova realidade imposta pela pandemia e atenda às dificuldades sentidas por grande parte das colectividades desportivas, o município oferece testagem gratuita a todos os atletas enquadrados nos escalões de formação dos clubes do concelho.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.