BRAGA -

BRAGA - -

Braga é a primeira cidade portuguesa na plataforma de avaliação das cidades verdes da Comissão Europeia

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Braga é a primeira cidade portuguesa no Green City Tool, plataforma da União Europeia que permite a avaliação das políticas implementadas no âmbito do desenvolvimento sustentável e da qualidade de vida dos cidadãos europeus, anunciou esta segunda-feira a Câmara Municipal.

Após um levantamento das políticas desenvolvidas nos últimos anos por parte das organizações do universo do município de Braga, foi permitido o registo da autarquia na plataforma. A demonstração dos resultados, dentro dos critérios que a Comissão Europeia avalia, apontou para uma classificação de ‘Excelente’ aos tópicos da Mobilidade, Resíduos, Uso do Solo e uma classificação de ‘Bom’ aos tópicos de Mitigação às Alterações Climáticas, Ruído, Adaptação às Alterações Climáticas, Qualidade do Ar, Governança e Água.

A Comissão Europeia lançou esta iniciativa de modo a constituir uma ferramenta de avaliação e benchmarking para as cidades europeias. Esta iniciativa consiste numa fonte de informação e de consulta para todas as cidades que desejam desenvolver mais conhecimento e partilha sobre como se podem tornar mais verdes e sustentáveis.

PUBLICIDADE

Para tal, a ferramenta possui vários recursos flexíveis permitindo às cidades demonstrarem os seus desenvolvimentos nos 12 tópicos disponíveis e comparar os seus resultados com outras cidades europeias, incluindo cidades que manifestaram o seu interesse em se candidatarem à Capital Verde Europeia ou ao Green Leaf Winner.

O processo de avaliação das cidades passa por uma pontuação de 1 a 10 em cada tópico exigido pela plataforma, nomeadamente: Qualidade do Ar, Mobilidade, Energia, Adaptação às Alterações Climáticas, Natureza e Biodiversidade, Ruído, Governança, Água, Mitigação às Alterações Climáticas, Inovação e Crescimento Verde, Uso do Solo e Resíduos.

Após um levantamento das políticas desenvolvidas nos últimos anos por parte das organizações do universo do município de Braga, foi permitido o registo na plataforma com sucesso. A demonstração dos resultados, dentro dos critérios que a Comissão Europeia avalia, apontou para uma classificação de “Excelente” aos tópicos da Mobilidade, Resíduos, Uso do Solo e uma classificação de “Bom” aos tópicos de Mitigação às Alterações Climáticas, Ruído, Adaptação às Alterações Climáticas, Qualidade do Ar, Governança e Água.

A par da cidade de Braga, constam nesta plataforma cidades como Gent, Bélgica (cidade finalista da Capital Verde Europeia para 2020 juntamente com Lisboa), e até a cidade de Vaexjoe, na Suécia, cidade que pretende ser neutra em carbono até 2050.

A plataforma está disponível online onde pode ser consultada aqui.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.