BRAGA - Braga reúne parceiros em sessão sobre Diálogo Social Transfronteiriço

BRAGA -
Braga reúne parceiros em sessão sobre Diálogo Social Transfronteiriço

Braga recebeu uma sessão do projecto de Diálogo Social Transfronteiriço para o sector Agro-pecuário, no âmbito do projecto GEMCAT – Geração de Emprego de Qualidade Transfronteiriço.

O projecto é o resultado de uma parceria entre o município e os governos autónomos de Galiza, Castela e Leão e Extremadura, a Comunidade Intermunicipal do Alto Minho, e a Universidade do Porto, sendo co-financiado pelo Programa de Cooperação Territorial Transfronteiriça para Espanha e Portugal 2014-2020 (POCTEP).

A sessão, integrada na programação da AGRO 2019, e contou com a presença de Firmino Marques, vice-presidente da autarquia, que elogiou a iniciativa integrada na programação de um certame que, “além de promover o sector primário, promove também a empregabilidade num espírito de concertação, que torna o futuro uma via aberta para o emprego de qualidade”.

PUBLICIDADE

Com este projecto pretende-se “melhorar a capacidade institucional das autoridades públicas e dos agentes sociais na melhoria da eficiência das políticas públicas estimulando a criação e manutenção de emprego de qualidade e desta forma construir um marco de cooperação institucional que traga resultados concretos e melhorias tangíveis no mercado laboral transfronteiriço”, afirmou Firmino Marques.

ACÇÕES CONJUNTAS

Na sessão foi decidido propor medidas e acções conjuntas para os desafios do sector para os próximos anos, como a seca, a competitividade das exportações, o envelhecimento da população, o êxodo rural, as novas tecnologias, a necessidade de formação especializada e as dificuldades de contratação de pessoal nesta área. Os resultados são transmitidos no Fórum de Diálogo Social a realizar em Mérida no próximo mês de Outubro.

O diálogo social compreende todo tipo de negociação, consulta ou simplesmente intercâmbio de informação entre os representantes das autoridades nacionais, dos empregadores e dos trabalhadores, sobre temas de interesse comum relativos a política económica e social.

Na Mesa de Diálogo Social estiveram ainda presentes a Direcção Geral do Trabalho e o Observatório de Responsabilidade Social Empresarial SER da Junta da Extremadura, a União geral de Trabalhadores da Extremadura, a CCOO – Comisiones Obreras de Extremadura, a Autoridade para as Condições de Trabalho, o SETAAB- Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Agricultura, Floresta Pesca, Turismo, Indústria Alimentar, Bebidas e Afins, e a CAP – Confederação dos Agricultores Portugueses.

Subscrição ao jornal - Papel
 
NIB: XXXX XXXX XXXXXXXXXXX XX
IBAN: XXXX XXXX XXXX XXXXXXXXXXX XX
SWIFT/BIC: XXXXXXXX

close-link