BRAGA

BRAGA -

BragaHabit congela valores das rendas apoiadas a quase 700 famílias

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O conselho de administração da BragaHabit decidiu não aplicar o coeficiente de actualização de rendas proposto pelo Governo para 2023, no âmbito da Lei nº 19/2022, publicada em Diário da República no dia 21 de Outubro, que fixou o índice de actualização de rendas para o próximo ano em 1,02, o que corresponderia a um acréscimo de 2% no valor das rendas, anunciou esta quarta-feira a autarquia. A medida abrange 676 famílias.

A legislação em vigor em matéria de arrendamento apoiado (Lei n.º 81/20214, revista e republicada pela Lei n.º 32/2016) determina que há lugar a actualização da renda apoiada nos termos do artigo 1077.º, n.º 2 do Código Civil, em função dos coeficientes de actualização vigentes, fixados anualmente pelo Governo.

Já o Artigo 29.º do Regulamento de Apoio à Habitação do município de Braga confere à empresa municipal BragaHabit a possibilidade de actualizar as rendas anualmente, de acordo com os coeficientes de actualização vigentes, nos termos previstos no referido n.º 2 do artigo 1077.º do Código Civil.

PUBLICIDADE

“Face à inflação galopante que se verifica no contexto actual, relacionada com a instabilidade do ponto de vista macroeconómico gerada pela situação de conflito na Ucrânia, o conselho de administração da BragaHabit determinou não aplicar este aumento aos inquilinos municipais abrangidos pelos regimes de arrendamento apoiado, subarrendamento e residência partilhada”, afirma a autarquia em comunicado.

A medida visa “apoiar as famílias mais vulneráveis, salvaguardando os seus rendimentos e contribuindo para manter seguro o seu direito à habitação, num contexto particularmente difícil e exigente”.

“Seguindo uma política de responsabilidade social, a BragaHabit contribui desta forma para aliviar as dificuldades de inúmeras famílias que se vêm confrontadas com um aumento generalizado dos preços que não é acompanhado pela subida dos seus rendimentos”, refere a empresa municipal.

O congelamento das rendas apoiadas abrange 676 famílias e tem um impacto de 9 .120 euros no orçamento anual da BragaHabit.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.