BRAGA –  Câmara assinala Dia Mundial da Floresta Autóctone com avisos do vereador do Ambiente

BRAGA –
Câmara assinala Dia Mundial da Floresta Autóctone com avisos do vereador do Ambiente

A Câmara de Braga assinalou, esta sexta-feira, o Dia Mundial da Floresta Autóctone com uma sessão de florestação junto ao Centro Cultural de Santo Adrião, oportunidade para Altino Bessa deixar um aviso: “As questões ambientais nunca estão finalizadas”.

Na iniciativa, que contou com a participação de cerca de 140 alunos da Escola Secundária Alberto Sampaio, o vereador do Ambiente avisou que o ambiente “é uma temática que se prolonga no tempo e nunca será um trabalho que se possa dizer que está concluído”.

PUBLICIDADE

“As preocupações actuais são diferentes do passado e certamente serão diferentes no futuro”, vincou Bessa, deixando outro aviso: “é preciso continuar este trabalho de sensibilização para que a sociedade esteja cada vez mais atenta, preparando os cidadãos para o futuro”.

“Em 2013, havia em Braga apenas sete Eco Escolas, actualmente existem 21. Isto significa que estamos a chegar a mais alunos e, consequentemente a sensibilizar mais famílias para as questões ambientais”, destacou o vereador.

Acção integrada no programa ‘Florestar Braga’ desenvolveu-se um pouco por todo o concelho, tendo sido distribuídas 1800 árvores pelas juntas de freguesia e escolas aderentes.

O controlo de invasoras, no Monte Picoto, a renaturalização do Rio Este, com a representação das principais espécies de fauna e flora, são algumas das iniciativas de sensibilização previstas para esta edição do Florestar Braga.