BRAGA

BRAGA -

Câmara de Braga analisa prolongamento do contrato de equipamentos do Mercado Temporário na próxima segunda-feira

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O executivo municipal de Braga analisa na reunião da próxima segunda-feira, no gnration, o prolongamento do contrato de locação dos equipamentos do Mercado Temporário até Novembro, data apontada para a conclusão das obras de requalificação do mercado municipal. O investimento ultrapassa os 600 mil euros.

“O município assumiu o compromisso de garantir o pleno funcionamento do Mercado Municipal Temporário no período de duração das obras de reabilitação do Mercado Municipal de Braga e, para tal, de forma a fazer este equipamento acompanhar o período de duração das mesmas, vai celebrar uma adenda ao contrato de locação dos equipamentos, continuando a proporcionar todas as condições de exercício de actividade aos comerciantes e a quem não prescinde da utilização deste espaço para efectuar as suas compras”, justifica Olga Pereira, vereadora responsável pela gestão do equipamento.

PUBLICIDADE

Trata-se, afirma em comunicado de “mais um esforço do município para apoiar um sector importante da nossa economia, permitindo, por um lado, o exercício contínuo da actividade de todos os operadores que fizeram a sua aposta profissional no mercado municipal de Braga, e, por outro, a fidelização de clientes e a procura de novos públicos que se repercutirá no funcionamento futuro no novo equipamento”.

“Quando avançamos com a requalificação do Mercado Municipal, deixamos bem claro que iríamos dar todas as condições para que os comerciantes continuassem a sua actividade com o menor transtorno possível e a verdade é que o Mercado Municipal Temporário tem tido uma afluência notável, resultando num claro benefício para a economia familiar dos comerciantes e dos Bracarenses que utilizam este equipamento”, refere Olga Pereira.

Com esta medida, a autarquia e continua a garantir o “bom funcionamento” do equipamento que está localizado no largo do Pópulo e no Campo da Vinha.

“O mercado dispõe de todas as condições para que os comerciantes exerçam a sua actividade com toda a comodidade e segurança e está dotado dos equipamentos essenciais para o funcionamento de cada actividade”, assegura a vereadora.

“Quando avançamos com as obras de requalificação do Mercado Municipal, tínhamos duas opções. Ou suspendíamos a actividade dos comerciantes que resultaria num claro prejuízo para esse sector, ou fazíamos um esforço para lhes dar uma solução alternativa para se manterem em funcionamento. Não tivemos dúvidas em optar pelo Mercado Municipal Temporário em benefício dos comerciantes e dos bracarenses”, conclui Olga Pereira.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS