AMBIENTE –

AMBIENTE – -

Câmara de Vila Verde esclarece que águas turvas do Rio Homem advêm de obras no leito em Amares

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Câmara de Vila Verde emitiu esta terça-feira um esclarecimento a dar conta de que «as águas turvas que têm surgido no Rio Homem resultam de uma empreitada de fecho do sistema de saneamento de águas residuais na freguesia de Torre, no concelho de Amares, da responsabilidade do respectivo Município e devidamente licenciada pela Agência Portuguesa do Ambiente».

O esclarecimento da autarquia vilaverdense surge depois de a Câmara de Amares também já ter vindo a público, na última sexta-feira, a dar conta da mesma situação, que está a fazer com que a água do Rio Homem apresente uma cor acastanhada.

PUBLICIDADE

«A referida empreitada contempla a travessia do colector de saneamento da margem esquerda do Rio Homem, na freguesia de Torre – Amares, para a ligação ao interceptor em alta do Homem, na freguesia de Coucieiro – Vila Verde, através da execução de uma vala no leito do rio, o que está a provocar grandes movimentações de terra e consequentemente a cor acastanhada e turva da água», refere a Câmara de Vila Verde.

No mesmo comunicado, o Município vilaverdense pede «desculpa pelo incómodo causado», lembrando que esta situação «não é da sua responsabilidade».

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS