VILA VERDE

VILA VERDE -

Casa do Povo de Ribeira do Neiva vai acompanhar beneficiários de RSI no concelho

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Câmara de Vila Vede celebrou com a Casa do Povo de Ribeira do Neiva um protocolo para a concretização do serviço de atendimento e acompanhamento dos beneficiários de Rendimento Social de Inserção (RSI) no concelho.

O serviço enquadra-se no âmbito da legislação que estabelece a transferência de competências do Estado para os Municípios no domínio da acção social, visando também «celebrar e acompanhar os contratos de inserção dos beneficiários de RSI».

PUBLICIDADE

Na assinatura do protocolo, a presidente da Câmara de Vila Verde, Júlia Fernandes, reiterou a política de prioridades do Município centrada nas pessoas. Nesse contexto, vincou o empenho da autarquia na concretização de «acções e estratégias de intervenção social assentes no princípio da equidade e da justiça social, como ferramentas imprescindíveis para garantir uma cidadania democrática».

«A acção social representa um importante vector no combate à exclusão social e, neste domínio, é crucial o desenvolvimento de uma intervenção que assegure novas e melhores respostas de proximidade às pessoas», defendeu a autarca, apontando para um protocolo que visa assegurar uma estrutura reforçada para a valorização social.

Na sessão de assinatura, Júlia Fernandes esteve acompanhada pelo vice-presidente Manuel Lopes. A representação da Casa do Povo da Ribeira do Neiva coube à presidente da instituição, Maria Manuela Ferraz Soares, e ao tesoureiro, Paulo André Guimarães.

No protocolo – que entra em vigor esta sexta-feira –, o Município assume a colaboração com o Estado no domínio da acção social, no sentido de «garantir o bem-estar social e económico e a progressiva qualidade de vida das pessoas, em particular das mais carenciadas ou em situação de maior vulnerabilidade económica e social».

A Casa do Povo da Ribeira do Neiva – IPSS que presta serviços no domínio da acção social e do desenvolvimento local – apresenta-se com recursos humanos já «adequados e com experiência no exercício da prestação do serviço de atendimento e acompanhamento social e de acompanhamento de contratos de inserção dos beneficiários do RSI, na sequência de protocolos para o efeito estabelecidos com o Instituto da Segurança Social».

Para o trabalho a desenvolver no terreno, a Casa do Povo conta com uma equipa multidisciplinar, que integra técnicos superiores das áreas de acção social, educação social e psicologia, a par de dois assistentes operacionais.

Ao Município caberá, além de garantir os recursos financeiros necessários, assegurar o acompanhamento, a coordenação técnica e a avaliação da missão social.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.