BRAGA

BRAGA -

CDU quer Câmara de Braga a dar explicações públicas sobre o impacto do temporal no concelho

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A CDU de Braga afirma que o presidente da Câmara Municipal deve explicações públicas sobre as inundações e o caos no trânsito provocados pelo mau tempo que se verificou ao final da tarde desta sexta-feira.

Recordando que o concelho bracarense assistiu, apesar do alerta da Protecção Civil, “à multiplicação de inundações, automóveis forçados a parar na estrada, pessoas retidas em cima de viaturas, estradas com transito interrompido durante horas, um incêndio e quedas de árvores”, a coligação PCP/PEV considera que Ricardo Rio “deve um esclarecimento público sobre as medidas que foram ou não tomadas no sentido de acautelar os impactos”.

PUBLICIDADE

Em comunicado, a CDU sublinha que “a dimensão dos impactos das chuvas não pode ser desassociada da continua degradação da limpeza urbana e falta de manutenção do espaço público, o que tem merecido criticas generalizadas”.

“A CDU tem vindo, ao longo do tempo, a alertar para a necessidade de reforçar em meios e pessoal os serviços municipais nestas áreas, no sentido de permitir inverter a situação, mas sem que Ricardo Rio e a coligação PSD/CDS/PPM tenham correspondido, pelo contrário”, refere a nota.

Outro factor que, na opinião da CDU, contribui para que situações como se repitam “é a excessiva impermeabilização dos solos decorrente de um mau planeamento do território com prejuízo para os espaços verdes, de que é exemplo a obra em curso na chamada Variante da Encosta”.

A CDU avança que a sua vereadora e candidata à Câmara nas próximas Autárquicas, Bárbara Barros, vai levantar estas questões na reunião do Executivo municipal da próxima segunda-feira.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.