BRAGA

BRAGA -

Centro de Juventude é a primeira unidade hoteleira de Braga galardoada com Green Key

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O Centro de Juventude de Braga recebeu esta segunda-feira o selo Green Key, tornando-se a primeira e a única unidade com esta distinção de promoção de boas práticas ambientais e sociais. Este ano foi ainda a única Pousada de Juventude galardoada.

O Green Key’ é um galardão internacional que promove o Turismo Sustentável em Portugal através do reconhecimento de estabelecimentos turísticos, alojamento local, parques de campismo e restaurantes que implementam boas práticas ambientais e sociais, que valorizam a gestão ambiental nos seus estabelecimentos e que promovem a Educação Ambiental para a Sustentabilidade.

Na ocasião, Ricardo Rio, presidente do Município e da InvestBraga, entidade que gere o Centro, destacou o facto de este reconhecimento ser atribuído pela primeira vez a uma unidade bracarense e ser também, em 2022, o único atribuído a uma Pousada de Juventude.

PUBLICIDADE

“Este galardão confirma o percurso de sucesso que o Centro de Juventude de Braga tem vindo a trilhar desde a sua requalificação, registando já cerca de 25 mil dormidas de pessoas de 66 nacionalidades”, afirmou.

O autarca adiantou que desse número, apenas 75% têm menos de 30 anos, o que é sinal de que se trata de um espaço “aberto à comunidade em geral”. “Lanço ainda o desafio para que no próximo ano mais estabelecimentos de Braga obtenham esta distinção, o que seria revelador de as boas práticas ambientais estão generalizadas na cidade”.

CONSCIÊNCIA CÍVICA E SOCIAL

Já Carlos Silva, administrador da InvestBraga, considerou que esta distinção é fruto do trabalho sustentando que tem sido desenvolvido pela equipa do Centro de Juventude de Braga. 

“Desde o início que este edifício foi pensado tendo em vista a promoção de boas práticas ambientais, elemento fundamental nos dias de hoje. Para além disso, estamos empenhados na promoção da consciência social e cívica dos jovens, mais especificamente dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável e dos artigos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, elementos muito presentes no espaço”, afirmou.

Por seu turno, Pedro Soares, director do Centro de Juventude bracarense, aproveitou para reforçar a importância do plano de acção ambiental – que conta com 67 actividades que visam fortalecer o trabalho desenvolvido na área ambiental e de apoio aos jovens -destacando-se a implementação de um sistema de aferição da pegada carbónica instantânea do edifício.

“Estamos ainda a realizar um ‘Biodiversity Check’, disponibilizando informação sobre a fauna e flora do nosso jardim exterior e de todas as espécies relevantes do ponto de vista da biodiversidade num raio de 30 quilómetros”, adiantou, garantindo que o objectivo principal passa sempre por “garantir a protecção do ambiente”.

Desenvolvido pela Foundation for Environmental Education (FEE) e coordenado em Portugal pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE), o programa Green Key está presente em 65 países e conta com uma rede de cerca de 3200 estabelecimentos.

Este ano a Região Norte foi a que apresentou um maior crescimento no número de galardoados, passando de 29 para 40. 

No que diz respeito às tipologias, os hotéis mantêm o maior número de galardoados, com 120 unidades, quase duplicando a sua representação Green Key de 2021 para 2022. O programa conta, ainda, este ano com 32 Alojamentos Locais, 26 Turismos no Espaço Rural, 10 Restaurantes, 7 Parques de Campismo e 1 Pousada de Juventude.

Pode consultar a política ambiental e o plano de acção do Centro de Juventude de Braga em www.centrojuventudebraga.pt/preservacao-ambiental

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.