BRAGA -

BRAGA - -

Cerca 2.500 crianças de escolas de Braga encerram ‘Mês Azul’ com cordão humano

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Cerca de 2500 crianças de 19 estabelecimentos de ensino de Braga encerraram, esta segunda-feira, o ‘Mês Azul – Prevenção dos Maus-Tratos na Infância’ com um cordão humano de dois quilómetros.

A iniciativa contou com a presença de diversas entidades da cidade (Universo Municipal, BLCS, Centro Novais e Sousa, Cerci, PSP, Bombeiros Voluntários, Associação de Reformados do Centro Histórico de Braga e Boccia Sénior). Emanuel Silva, canoísta medalhado nos Jogos Olímpicos, e Vandinho, ex-capitão do Sporting Clube de Braga, também marcaram presença na iniciativa.

Segundo Ricardo Rio, o Cordão Humano «teve impacto para a população em geral e um apelo pedagógico junto dos mais novos».

PUBLICIDADE

«É essencial que desde tenra idade as crianças ganhem consciência para estas questões e se envolvam activamente do ponto de vista cívico, percebendo de que forma podem contribuir para uma sociedade melhor», afirmou o presidente da Câmara, destacando o «cunho simbólico da iniciativa» na divulgação desta causa.

Por seu turno, Firmino Marques, vice-presidente da autarquia, realçou que o Relatório de Actividades de 2018 da CPCJ de Braga registou a abertura de mais de 500 processos. «É um valor que deve preocupar a comunidade no seu todo e os cidadãos com responsabilidades de intervenção. Numa sociedade equilibrada e justa os direitos das crianças devem ser plenamente respeitados», disse.

Durante este mês de Abril, o município promoveu um conjunto de iniciativas de promoção dos direitos das crianças e consequente prevenção dos maus-tratos na infância e juventude. Palestras, workshops e exposição foram algumas das iniciativas que marcaram o “Mês Azul”.

Os sinos de quatro igrejas do centro da cidade (Congregados, Pópulo; Capelistas e Sé) tocaram para assinalar este momento simbólico.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS