BRAGA

BRAGA -

Cidades de Braga e Yazd (Irão) juntas na aposta na inovação e empreendedorismo

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A inovação e o empreendedorismo são duas das áreas em que Braga e a cidade iraniana de Yazd podem vir a colaborar no futuro. A ideia foi deixada por Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, no final da recepção ao embaixador do Irão em Portugal, Morteza Damanpak Jami.

Ricardo Rio salientou que Yazd, à semelhança de Braga, “é uma cidade com uma grande história e um grande dinamismo, com uma presença muito forte do ponto de vista da cultura, da investigação e do empreendedorismo, áreas que Braga tem valorizado nos últimos anos e que podem ser fortalecidas entre as cidades e os seus agentes”.

“Estamos fortemente empenhados em construir uma relação duradoura com diversos países e agentes económicos, no sentido de colocar Braga no radar do investimento internacional”, frisou ainda o autarca.

Nesta deslocação, o representante diplomático de Teerão teve a oportunidade de conhecer o tecido económico e empresarial do concelho. A par dos Paços do Concelho, o diplomata manteve reuniões com a administração da InvestBraga, da Startup Braga, com a Reitoria da Universidade do Minho e com a empresa ‘Bysteel’.

A visita realizou-se no âmbito de uma iniciativa dinamizada pela InvestBraga e que tem por missão promover o contacto do corpo diplomático com a realidade bracarense enquanto vector estratégico de promoção da cidade e dos seus activos.

JÓIA DO DESERTO

Yazd é uma cidade deserta no centro do Irão e capital da província de mesmo nome. É uma cidade antiga que remonta ao período sassânida (224-651 DC). É apelidada de ‘a Cidade dos Cata-Ventos’ em persa e, em 2017, esta cidade de 530.000 habitantes (censos de 2016) foi listada pela UNESCO como património mundial.

Ao contrário de outras cidades e civilizações antigas, Yazd não foi construída perto de rios, mas situada no maior deserto do Irão, que cobre aproximadamente todo o centro do país, daí ser conhecida por ‘Jóia do Deserto’.

PUBLICIDADE

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
3€ / mês

* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 36€ / ano.