REGIÃO

REGIÃO -

Coelima vendida à Mabera por 3,7 milhões de euros

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Os credores da Coelima, em Guimarães, aprovaram esta sexta-feira a venda da empresa por 89% à têxtil de Famalicão Mabera, por 3,637 milhões de euros.

Numa assembleia de credores, 500 credores daquela que foi uma das maiores têxteis do país abstiveram-se 9,7%, nomeadamente a Segurança Social e 216 trabalhadores. Já 1,6% dos credores votaram contra.

PUBLICIDADE

Os grandes credores, ou seja, a banca, nomeadamente A Caixa Geral de Depósitos, o Novo Banco e o BCP, os maiores credores, votaram a favor, em assembleia realizada no Juízo de Comércio de Guimarães.

Concorreram três propostas para compra da têxtil: Mabera e os consórcios Mundo Têxtil/Felpinter e RTL/José Fontão.

De acordo com as propostas reformuladas abertas na passada segunda-feira pelo administrador de insolvência, Pedro Pidwell, a oferta de valor mais elevado era a da Mabera, que se propõe pagar perto de 3,637 milhões de euros pela Coelima.

O consórcio Mundo Têxtil/Felpinter ofereceu 2,615 milhões de euros e a RTL/José Fontão & Cia 1,75 milhões de euros.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS