AUTÁRQUICAS

AUTÁRQUICAS -

Coligação Juntos por Braga lamenta “falta de lealdade e boa-fé” do autarca de São Victor

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Coligação “Juntos por Braga” lamentou esta terça-feira, em comunicado, que o actual presidente da Junta de Freguesia de São Victor, Ricardo Silva, tenha, nos últimos dias, ultrapassado as normais “exigências de lealdade e de boa-fé” nas negociações mantidas para análise da sua eventual recandidatura.

“Com efeito, depois de várias reuniões onde foi possível estabelecer um programa conjunto de actuação, chegou ao nosso conhecimento que, ao mesmo tempo que as mesmas decorriam, Ricardo Silva estruturava uma candidatura pessoal, elaborava para aquele efeito site de candidatura própria, angariava subscritores e convidava até candidatos para a sua própria lista”, lamenta a Coligação.

PUBLICIDADE

Conforme “O Vilaverdense” reportou, o autarca de São Victor anunciou esta terça-feira que não se vai recandidatar pela Coligação Juntos Por Braga (PSD, CDS, PPM e Aliança), avançando como independente para tentar novo mandato naquela que é a maior freguesia da cidade.

Em comunicado, o candidato diz que a opção foi tomada a pensar “nos superiores interesses da freguesia, para defender, ainda, com mais energia, as causas, os valores, os princípios e as pessoas de São Victor”.

SEM ENTENDIMENTO

Em resposta, a Coligação contrapõe, que, “se, por um lado, percebe as circunstâncias pessoais e familiares que possam condicionar as opções do Presidente em funções desta Junta de Freguesia e a sua continuidade no projecto da Coligação “Juntos por Braga”, também não poderia chegar a um entendimento que delapidasse o património político de quantos serviram esta Autarquia – também sob a liderança do actual autarca – e que não garantisse uma visão comum para as suas opções de gestão futuras”.

Para a Coligação, “não faz sentido desconsiderar todos quantos – ao longo dos últimos anos – trabalharam na Junta de Freguesia de S. Victor com o único interesse de honrar o seu mandato e servir os cidadãos. Sem interesses pessoais e sem calculismos políticos, estes autarcas merecem um reconhecimento inequívoco pelo meritório trabalho desenvolvido, honrando-nos ter podido contar com a sua colaboração e disponibilidade”.

Acrescenta que “tem como primeira prioridade colocar ao dispor do Concelho e de cada uma das Freguesias os protagonistas mais capazes para servirem as populações e corporizarem um projecto de desenvolvimento sustentado de cada um dos territórios, atentas as suas especificidades e ambições”.

LEGADO DE DÉCADAS

E, prosseguindo, diz: “Para tal, conta orgulhosamente com o legado de décadas de serviço à comunidade de muitos dos seus quadros políticos, sejam estes militantes dos partidos que as integram ou cidadãos independentes que em certo momento se juntaram ao percurso trilhado”.

“Na oposição ou nos órgãos de governo locais, esses milhares de cidadãos serão sempre merecedores da nossa gratidão e contarão sempre com o apoio da Coligação desde que não percam o foco nos cidadãos que querem representar, colocando-os acima de toda e qualquer agenda pessoal e/ou de questões laterais que minem a relação de confiança que sempre deve reger a articulação entre os nossos eleitos e as estruturas dirigentes da Coligação”, finaliza.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS