AMBIENTE

AMBIENTE -

Comissão Municipal de Defesa da Floresta de Esposende aprova Plano Operacional Municipal 2021

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Comissão Municipal de Defesa da Floresta de Esposende aprovou, por unanimidade, o Plano Operacional Municipal (POM) para o ano 2021, estando, assim, «apta a integrar o Sistema Nacional de Defesa da Floresta contra Incêndios (SNDFCI)».

O Plano tem como objectivo a «avaliação da vulnerabilidade do território e a prevenção de incêndios rurais, bem como a optimização dos meios e dispositivos operacionais de Defesa da Floresta Conta Incêndios (DFCI) existentes».

Em comunicado, o Município aponta que este Plano Operacional «traduz o esforço conjunto das várias entidades envolvidas, no sentido de agilizar os procedimentos de actuação e a mobilização de recursos, assim como clarificar o papel e a responsabilidade de cada interveniente tendo como objectivo comum a protecção do território aos incêndios rurais».

PUBLICIDADE

A execução do POM visa «optimizar as acções de vigilância, primeira intervenção, combate, rescaldo e vigilância pós-incêndio, com vista a uma resposta rápida, eficaz e coordenada face a eventuais ocorrências. Pretende-se, deste modo, garantir a segurança de pessoas e bens, proteger o património natural existente, em linha com as metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU)».

LIMPEZA DE TERRENOS

O Município alerta ainda para a «necessidade de os proprietários, arrendatários, usufrutuários ou entidades que, a qualquer título, detenham terrenos confinantes com edificações, procederem à limpeza de matos e vegetação numa faixa de 50 metros, sendo que a data termina a 15 de Maio».

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS