POLÍTICA -

POLÍTICA - -

Comissão Política Distrital do PS «congratulou-se com a vitória e avaliou futuro» do partido

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Comissão Política Distrital do PS reuniu esta segunda-feira, 14 de Outubro, na sede da Federação de Braga. A sessão, presidida por Luís Soares, pretendeu «analisar os resultados das eleições Legislativas e traçar alguns objectivos para o futuro do PS no distrito de Braga».

Na reunião, que contou com «uma elevada participação de dirigentes de diferentes concelhos», após as intervenções de Sónia Fertuzinhos, cabeça de lista por Braga e de Joaquim Barreto, Presidente da Federação e Director Distrital de campanha, foi opinião «consensual de que o PS alcançou uma grande vitória, nomeadamente, no Distrito de Braga, graças a um grande envolvimento e empenho de todos, concelho a concelho, num trabalho de grande proximidade e contacto com os eleitores», pode ler-se em nota enviada.

E acrescentam, «os mais de 23 000 votos alcançados em relação ao último acto eleitoral de 2015 reforçam a posição do PS, com subidas de votação muito expressivas em todos os concelhos do distrito».

Para o líder da distrital, «comprovam que o PS, à semelhança do que aconteceu nas eleições Europeias, neste distrito, está a viver um ciclo de crescimento que terá seguramente bons resultados nos próximos actos eleitorais».

«ESTRUTURAS PARTIDÁRIAS DISTRITAIS E CONCELHIAS DEVEM MANTER-SE EM SINTONIA»

Na fase de conclusões, Joaquim Barreto realçou que «o futuro já começou a viver-se e a partir de agora, como no passado, as Estruturas Partidárias Distritais e Concelhias, também através dos seus deputados eleitos, devem manter-se numa grande sintonia e apoio ao futuro Governo, procurando que na governação sejam superiormente defendidos os interesses do nosso território, o distrito de Braga».

«COMBATE À ABSTENÇÃO»

Por outro lado, o combate à abstenção, que apesar de no distrito de Braga ter sido inferior à verificada a nível nacional, mereceu uma preocupação unânime, pelo que o líder da distrital garantiu que «um dos objectivos a trabalhar no imediato é este mesmo: continuar a promover a aproximação às pessoas, com o seu envolvimento e participação nas matérias que lhes digam respeito e, desta forma, contribuir para reduzir a abstenção».

DOSSIERS PRIORITÁRIOS

Por outro lado, foram ainda estabelecidos dois dossiers prioritários que a Federação irá abordar e trabalhar. «A Lei da criação de freguesias que reverta os efeitos negativos da última revisão administrativa, bem como proceder a uma efectiva avaliação do processo em curso da descentralização de competências, para as CIM’s, Municípios e Juntas de Freguesia, com o objectivo de saber da receptividade, aceitação e eficácia destas delegações de competências para tornar a administração pública mais ágil e com melhores respostas às necessidades das populações» sublinhou Joaquim Barreto.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
3€ / mês

* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 36€ / ano.