SAÚDE –

SAÚDE – -

Confirmados dois casos de infecção em Portugal. Doentes são do Norte

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Dois doentes infectados com Covid-19, ambos portugueses, estão internados em hospitais do Porto, um no Hospital de Santo António e outro no São João.  São ambos casos ‘importados’ do estrangeiro.

Um dos doentes é um médico do Hospital Tâmega e Sousa que esteve no norte de Itália de férias. Ficou internado na tarde deste domingo no hospital de Santo António. Segundo avançou a ministra Marta Temido, os primeiros sintomas deste doente, de 60 anos, foram sentidos a 29 de Fevereiro.

PUBLICIDADE

O outro caso confirmado é o de um homem que foi a Valência, Espanha, em trabalho e está internado no hospital de São João. Este doente tem 33 anos e sentiu os primeiros sintomas a 26 de Fevereiro. Este caso aguarda contraprova através de análise do Instituto Nacional Dr. Ricardo Jorge (INSA), embora já tenha testado positivo em duas análises.

Os dois doentes, disse a ministra Marta Temido, esta segunda-feira em conferência de imprensa, encontram-se “estáveis”. Os contactos mais próximos destes pacientes vão ser colocados em vigilância, determinando as autoridades o respectivo grau de risco de infecção pelo novo coronavírus.

Em resultado destes casos positivos, e apesar de o país ainda se encontrar em contenção, a ministra anunciou que vai ser aplicado aos voos provenientes de Itália “uma rastreabilidade de contactos” (identificação dos contactos recentes), o que já estava a ser feito aos voos provenientes da China. Marta Temido aproveitou para reforçar, uma vez mais: “Se tiverem qualquer sintoma, contactem a Saúde 24 (808 24 24 24)”, ao invés de se dirigirem às unidades de saúde.

“Neste momento, a palavra é tranquilidade”, disse, por sua vez Graça Freitas, também presente na conferência de imprensa, insistindo no contacto telefónico.

A responsável pediu ainda “que os portugueses confiem que as autoridades de saúde estão atentas” e que o risco “é analisado todos os dias. Em função desse risco activa-se o nosso plano”, afirmou, explicando que os planos e as medidas são “dinâmicos”.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS