SAÚDE -

SAÚDE - -

Corrida às vacinas da gripe provoca rupturas de stock em farmácias e centros de saúde

Share on facebook
Share on twitter

A vacina da gripe sazonal está a faltar em algumas farmácias e centros de saúde. O motivo é a forte adesão dos cidadãos à campanha de vacinação para este Inverno. Já se verificaram falhas no ACES Cávado III- Barcelos/Esposende.

Segundo o JN, a Direcção-Geral de Saúde (DGS) já foi alertada para a ruptura de stock, mas os problemas de fornecimento são pontuais. As autoridades de saúde dizem que as remessas estão garantidas e que os utentes em espera serão contactados quando chegarem mais vacinas.

PUBLICIDADE

Já no final de Outubro, a Ordem dos Enfermeiros enviou uma carta à ministra da Saúde, Marta Temido, a alertar para “casos de ruptura de stock” da vacina nos agrupamentos de centros de saúde (ACES) do Cávado III – Barcelos/Esposende e no de Gaia, bem como no “distrito de Viana do Castelo”.

Em cinco semanas (1 de Outubro e 7 de Novembro), as farmácias venderam 311 592 vacinas, mais de metade do total dispensado no ano passado (518 087), segundo dados da Associação Nacional de Farmácias (ANF).

Nos centros de saúde, a adesão tem sido superior ao que que é habitual no início da campanha.

No boletim semanal sobre a ‘Saúde Sazonal’, emitido pela Direcção-Geral da Saúde, constata-se que, na primeira semana de vacinação (de 15 a 21 de Outubro), o número de vacinas administradas foi muito superior (quase o dobro) ao das primeiras semanas de anos anteriores: a rondar as 180 mil vacinas. Na semana seguinte, foram dadas cerca de 200 mil.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.