CRIMINALIDADE (Região)

CRIMINALIDADE (Região) -

Criminalidade violenta aumenta mais de 25% na área da PSP de Braga

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A criminalidade violenta ou grave aumentou 25,5%, o que corresponde mais 50 casos, enquanto a criminalidade geral aumentou 10% (+602 registos) em 2023 e face a 2022, na área de responsabilidade da PSP de Braga, divulgou esta segunda-feira o Comando Distrital.

Os números foram avançados a propósito das comemorações do 147.º aniversário daquele Comando, que decorrem, esta terça-feira, na Casa das Artes, em Vila Nova de Famalicão, pelas 14H30. com a presença do secretário de Estado da Administração Interna Telmo Correia.

Em comunicado às redacções, a PSP refere que tem a seu cargo uma área territorial de cerca de 89,4 km2 que compreende as cidades de Braga, Guimarães, Vila Nova de Famalicão e Barcelos, onde residem cerca de 234 677 habitantes (Censos 2021), além dos muitos milhares de pessoas que diariamente se deslocam para visitar, trabalhar ou estudar nestas cidades.

De acordo com a Polícia, em 2023 e face a 2022, na área de responsabilidade da PSP de Braga, a criminalidade geral aumentou 10% (+602 registos), no entanto, parte deste aumento deve-se aos chamados crimes de proa-actividade policial – através da presença dos agentes no terreno -, que no mesmo período aumentaram 28,9% (+ 224 registos).

Já no que diz respeito à criminalidade violenta ou grave, registámos um aumento de 25,5% (+ 50).

Os crimes praticados contra pessoas aumentaram 10%, sendo de destacar o aumento de 21% do crime de ofensa à integridade física simples e de 11% no crime de ameaça e coacção.

Verificou-se um aumento de 6% do registo de crimes contra o património, muito impulsionado pelo aumento das burlas (32%). Os crimes de furto diminuíram 2,7%, os de roubo aumentaram e 33,57%.

TRÂNSITO: MAIS 4 MORTOS

“Apesar da redobrada atenção que tem sido dedicada à prevenção e fiscalização rodoviárias, a sinistralidade rodoviária apresenta uma tendência de aumento”, aponta o comunicado.

Assim, em 2023 foram levadas a cabo 897 operações de fiscalização rodoviária, tendo sido controladas por radar cerca de 195 590 viaturas e submetidos ao teste de alcoolemia 9 996 condutores.

No mesmo período foram registados 2 939 acidentes de viação (-301), de onde resultaram 808 feridos ligeiros (-33), 40 feridos graves (+16) e 4 vítimas mortais (+3).

A PSP bracarense realizou cerca de 1 156 acções de sensibilização que envolveram mais de 27 768 participantes, com especial destaque das 609 acções efectuadas no âmbito do programa Escola Segura, e das 383 acções de sensibilização realizadas no âmbito do programa Idosos em segurança.

Estas acções, efectuadas em estreita colaboração com os estabelecimentos de ensino e as autarquias visaram de entre outros, temas como segurança rodoviária, consumo de substâncias aditivas, violência no namoro, utilização segura da internet, autoprotecção e burlas.

No âmbito do licenciamento e fiscalização de explosivos, armas e munições foram realizadas 88 acções de fiscalização a armeiros, a particulares detentores de armas de fogo e a estabelecimentos comerciais.

Foram apreendidas e entregues para destruição 1 247 armas de fogo.

POLICIAMENTO DESPORTIVO

No que concerne a policiamentos a grandes eventos culturais, com a participação de mais de 70.000, destacamos: S. João; Festas Académicas (Braga, Guimarães e Barcelos); Noite Branca; Rampa da Falperra; Semana Santa; Braga Romana; Gualterianas; Nicolinas; Rampa da Penha; Carnaval (Famalicão); Festas Antoninas e Festas da Cruzes. 

Relativamente a policiamentos desportivos, que “ocorre na generalidade durante os períodos que deveriam ser de descanso”, foram realizados 506 policiamentos, o que obrigou o empenhamento efectivo total de 10 503.

O acompanhamento spotting aconteceu em 37 eventos desportivos, com um efectivo empenhado em acompanhamentos de 233 agentes.

ovilaverdense@gmail.com

Foto J. Lima/Facebook PSP

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
3€ / mês

* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 36€ / ano.