SAÚDE

SAÚDE -

Deputada Carla Cruz (PCP) preocupada com obras na extensão de saúde do Vade

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A deputada do PCP Carla Cruz endereçou uma pergunta por escrito ao Ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, sobre a requalificação da extensão de saúde do Vade, que poderá fazer com que os utentes se desloquem para Vila Verde enquanto decorrem as obras.

A parlamentar comunista lembra que, segundo a informação tornada pública pelo presidente da Junta da União das Freguesias do Vade, Carlos Cação, «o Ministério da Saúde não terá aceitado nenhuma das propostas de local alternativo» sugeridas pela Junta, «tendo optado por deslocar os utentes para o Centro de Saúde de Vila Verde».

PUBLICIDADE

«Considerando que se trata de uma região rural e limítrofe do concelho de Vila Verde, com falta de transportes públicos e uma população envelhecida, a possibilidade de deslocar o serviço prestado pela extensão de saúde tem causado legítima preocupação junto dos seus utentes», refere.

Por isso, Carla Cruz solicita que o Governo esclareça que alternativas foram avaliadas pelo Ministério para além da deslocalização do serviço para Vila Verde e por que motivo não foram aceites as sugestões apresentadas.

Quer ainda saber, caso se confirme a necessidade de deslocar os utentes para um local alternativo, nomeadamente para Vila Verde, que medidas pretende o Governo tomar para possibilitar tal deslocação numa região «desprovida de transportes públicos adequados».

Carla Cruz questiona também qual o tempo previsto para as obras de requalificação, o que as motivou e em que consistem.

Esta é já a segunda pergunta formal endereçada ao Ministério da Saúde sobre as obras de requalificação da extensão de saúde do Vade, depois de o grupo parlamentar do Bloco de Esquerda já ter feito o mesmo.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS