CRIME –  Donos de café simulam assalto a máquina de tabaco

CRIME –
Donos de café simulam assalto a máquina de tabaco

Um homem e uma mulher, donos de um café em Vila Cova, Barcelos, simularam um furto a uma máquina de tabaco, mas a “marosca” foi detectada pela GNR. Acabaram constituídos arguidos e com termo de identidade e residência.

Em comunicado, a GNR explica que, no decorrer de uma denúncia por furto em interior de estabelecimento, concretamente numa máquina de tabaco, foram realizadas diligências, tendo os militares apurado que se tratava de uma simulação de furto.

PUBLICIDADE

«Os proprietários do estabelecimento simularam o arrombamento da máquina com o intuito de se apropriarem do dinheiro e do tabaco, para venda posterior e ganho total do valor da venda», acrescenta.

Da acção resultou a apreensão de 92 maços de tabaco, 100 euros em numerário, uma serra metálica, um par de luvas e uma chave de fendas.

Os proprietários do estabelecimento, de 36 e 37 anos, foram constituídos arguidos e sujeitos à medida de coacção de termo de identidade e residência.