NATAL

NATAL -

“Duendelândia” abre as portas para atrair famílias ao centro de Vila Verde

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Duendes, uma pista de gelo, a Casa do Pai Natal e um carrossel são alguns dos atractivos da “Duendelândia”, um espaço de animação natalícia que abriu as portas este sábado, no centro de Vila Verde, onde permanecerá até ao final do ano.

Organizada pela Associação Empresarial do Vale do Homem (AEVH), com o apoio da Câmara Municipal e a parceria de diversas empresas locais, a iniciativa integra-se na programação “Vila Verde é Natal”, que visa assinalar esta quadra festiva com diversas actividades.

PUBLICIDADE

«O grande objectivo, para além de alegrar a época natalícia, é essencialmente dar vida ao centro de Vila Verde e ao nosso comércio, que tem sido muito fustigado com a situação pandémica», explicou, à margem da inauguração, o presidente da AEVH.

Segundo José Manuel Lopes, o projecto foi «reduzido a menos de metade daquilo que era a intenção inicial», por força da pandemia e das novas medidas restritivas, sendo que a organização assegura um «escrupuloso cumprimento» das recomendações emanadas pelas autoridades de saúde.

«Com a evolução dos números, por uma questão de cautela, entendemos reduzir o projecto e a dimensão, para que estejamos num local seguro e com todas as normas cumpridas. Temos muita esperança que este será um projecto importante para dar força ao nosso comércio local e para atrair pessoas ao centro de Vila Verde», reforçou.

Na mesma linha, a presidente da Câmara Municipal, Júlia Fernandes, assinalou que o evento «respeita todas as normas de segurança», tendo um «plano de contingência devidamente aprovado pela Direcção-Geral de Saúde e pelas autoridades de saúde locais».

MAGIA DO NATAL

Para a autarca, a “Duendelândia” é um espaço dedicado às famílias, sendo especialmente dedicado para os mais novos, «que são aqueles que normalmente mais vibram com a magia do Natal» e para os quais existem «vários atractivos».

«Queremos que este local proporcione bons momentos a todos quantos por cá passarem, numa quadra que é sempre muito especial e dedicada à família», assinalou.

Júlia Fernandes reforçou também que se trata de uma acção «extremamente importante» para o comércio local, que se uniu para concretizar esta iniciativa, permitindo dinamizar o centro de Vila Verde.

Durante o evento, será realizada uma angariação de bens para cabazes de Natal e distribuídos cupões, que depois serão sorteados, para compras no comércio local.

A entrada, que tem um custo de três euros, é feita mediante a apresentação de certificado de vacinação, recuperação ou testagem à Covid-19, sendo igualmente medida a temperatura corporal e feita a desinfecção das mãos. No interior do espaço é obrigatório o uso de máscara.

PROGRAMAÇÃO

Além da “Duendelândia”, que ocupa a Praça de Santo António até 31 de Dezembro, O Mercado de Natal – Artesanato e Mel fixar-se-á na Praça da República a partir do próximo dia 12, mantendo-se até à véspera de Natal.

Entretanto, a AEVH está a organizar o concurso de Montras de Natal, envolvendo os diferentes espaços comerciais.

Na Loja Interactiva de Turismo de Vila Verde, está patente a “Montra de Natal”, uma exposição com trabalhos da autoria dos utentes do complexo de Vila Verde da APPACDM-Associação de Pais e Amigos do Cidadão com Deficiência Mental de Braga. A partir do dia 10, também os Paços do Concelho – na Ala da Presidência – acolherá a exposição “Natal 2021”.

Nesta quadra natalícia, estão também previstos concertos para os fins-de-semana de 11-12 e 17-19 de Dezembro, organizados pela Academia de Música de Vila Verde e pela Escola de Música da Vila de Prado.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS