PAÍS

PAÍS -

Eleitores em confinamento «não estavam em casa» para votar nas Presidenciais

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O presidente da Associação Nacional de Municípios denunciou esta terça-feira que alguns eleitores inscreveram-se para votar antecipadamente, por estarem em confinamento obrigatório, mas que «não estavam em casa» quando foram abordados pelas equipas destacadas para o processo.

Em declarações à Renascença, Manuel Machado disse que «infelizmente, houve mais do que um caso» e apelou a que a situação «não se repita».

PUBLICIDADE

«Com o que nos deparámos foi que houve cidadãos inscritos para votar hoje pela razão Covid-19, com confinamento obrigatório determinado pelas autoridades de saúde, que não estavam no domicílio e que estão longe da sua residência oficial», afirmou.

Segundo Manuel Machado, os casos foram denunciados às respectivas autoridades de saúde e ao Ministério Público, a quem os eleitores em causa terão agora de apresentar esclarecimentos.

Mais de 12 mil pessoas, entre idosos em lares e pessoas em confinamento obrigatório, vão poder votar sem sair à rua entre hoje e quarta-feira, sendo que o trabalho de recolha do boletim destes eleitores está a ser feito, porta a porta, por equipas montadas pelas autarquias.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS