DISTINÇÃO

DISTINÇÃO -

Escuteiros e Misericórdias de Portugal recebem Prémio Cidadão Europeu

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O Corpo Nacional de Escutas (CNE) e a União das Misericórdias Portuguesas (UMP) foram distinguidos com o prémio “Cidadão Europeu”, numa cerimónia que decorreu na sede do Parlamento Europeu, em Bruxelas, na Bélgica.

As candidaturas ao prémio foram apresentadas pelo eurodeputado José Manuel Fernandes, que reconhece, desta forma, as acções que ambas as entidades têm desenvolvido no país,«na defesa e promoção dos valores europeus como a solidariedade, a inclusão e a defesa da dignidade humana».

PUBLICIDADE

O Prémio “Cidadão Europeu 2020” foi atribuído ao CNE pelo trabalho desta associação ao nível da educação e formação dos jovens para a cidadania activa e para o desenvolvimento de competências dos mais novos.

Já o “Prémio “Cidadão Europeu 2021” atribuído à UMP recompensa o trabalho desenvolvido pelas Misericórdias portuguesas, nomeadamente no apoio prestado à comunidade na área social e cuidados de saúde, especialmente dos mais vulneráveis.

Para o eurodeputado português, este «é um justo reconhecimento público pelo trabalho desenvolvido pelo escutismo, com um contributo de excelência na educação e formação dos jovens; e das Misericórdias no apoio e assistência social aos idosos, às crianças e às pessoas que mais precisam de ajuda».

Ambos os trabalhos reflectem «resultados inestimáveis para a construção de uma sociedade mais justa e solidária, desenvolvida e sustentada nos valores europeus e humanistas», sublinha o eurodeputado José Manuel Fernandes.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.