PAÍS –

PAÍS – -

Eurodeputada Isabel Estrada Carvalhais alerta que tarifas americanas penalizam agricultura portuguesa

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Isabel Estrada Carvalhais, deputada no Parlamento Europeu, defendeu, esta terça-feira, em Estrasburgo, que as tarifas impostas pelos EUA aos produtos da União Europeia penalizam os agricultores portugueses.

A eurodeputada socialista, discursando na sessão plenária do Parlamento Europeu, afirmou que “é imprescindível desenvolver todos os esforços para alcançar uma solução negociada para o fim destas tarifas e simultaneamente garantir que são tomadas todas as medidas para proteger os nossos agricultores do impacto negativo da sua aplicação”.

A deputada portuguesa não tem dúvidas de que “a médio prazo todos os agricultores europeus serão afectados por estas medidas injustas e serão atingidos pelo efeito disruptivo que estas terão tanto nos seus mercados de exportação, como no próprio mercado interno”.

“A imposição destas tarifas sobre os produtos agroalimentares europeus, representa mais um duro golpe para o setor”, pois será “mais uma vez sobre a agricultura e sobre os agricultores europeus que recairá a fatura de um conflito que lhes é alheio”, acrescentou.

Isabel Carvalhais entende que “no imediato será sobre os sectores diretamente visados, como os lacticínios portugueses, que pesarão as consequências mais nefastas”. Consequências negativas estas, que “serão particularmente sentidas na economia frágil das ilhas açorianas, onde a exportação do queijo de São Jorge, produto de grande valor acrescentado, será fortemente atingida”.

Recorde-se que entraram em vigor em Outubro passado as tarifas alfandegárias que os Estados Unidos da América aplicam às importações com origem na União Europeia.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
3€ / mês

* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 36€ / ano.