PAÍS -

PAÍS - -

Farmácias e CTT fazem parceria para entregar medicamentos em casa

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Os portugueses vão poder receber medicamentos em casa em todo o país. Um novo serviço farmacêutico postal permite aos cidadãos fazer encomendas às farmácias à distância, por e-mail ou telefone. Poderão ainda receber em casa os medicamentos temporariamente indisponíveis na sua farmácia, sem necessitarem de uma segunda deslocação.

O novo serviço arrancou esta quinta-feira, 26 de Março, e resulta de uma parceria entre os CTT – Correios de Portugal e a Associação Nacional das Farmácias (ANF). Os cidadãos podem aceder à listagem de farmácias aderentes nos sites www.farmaciasportuguesas.pt e www.ctt.pt. Aí encontrarão os endereços de e-mail e contactos telefónicos disponíveis para realizar as suas encomendas numa farmácia à sua escolha.

Os CTT garantem a entrega, no dia seguinte, de todas as encomendas realizadas até às 16 horas. Tendo em conta o atual contexto de epidemia, o serviço será disponibilizado a um preço promocional, até 30 de Abril, de 3 euros + IVA por entrega. O serviço está preparado para responder às receitas médicas, mas também as necessidades de outros medicamentos e produtos de saúde.

PUBLICIDADE

«Com este novo serviço, os CTT ajudam os portugueses a cumprir as recomendações da DGS, entregando em casa os medicamentos, contribuindo para a segurança e bem-estar de todos», refere, em nota enviada, o administrador dos CTT, João Sousa.

Já a vice-presidente da ANF, Cristina Gaspar, aponta que «como maior rede de Saúde Pública em Portugal, as farmácias assumem a responsabilidade de adotar todas as medidas úteis à contenção desta epidemia».

Os CTT estão desde a primeira hora a implementar medidas de mitigação de contágio por CoViD-19 na sua rede de retalho e em todo o processo de tratamento e entrega de correio e encomendas.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.