PAÍS –

PAÍS – -

GNR deixa conselhos em caso de incêndio florestal

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A GNR emitiu esta terça-feira um comunicado para «alertar e aconselhar» a população «para a necessidade de cumprir com as indicações e orientações das autoridades, principalmente nos procedimentos a adoptar em caso de evacuação» forçada pelo aproximar dos incêndios.

Em caso de evacuação preventiva, por indicação das autoridades, as pessoas devem cumprir com as instruções dadas e não devem nunca voltar atrás, para uma área já evacuada.

PUBLICIDADE

Devem manter a calma, auxiliar crianças, idosos ou familiares com limitações de mobilidade e levar os seus animais de companhia.

Não devem perder tempo a recolher objectos desnecessários e, se possível, deixar acesas as luzes exteriores da habitação.

Relativamente à circulação rodoviária, a GNR sublinha que «importa respeitar e seguir as instruções» dadas pelas autoridades «e nunca adoptar comportamentos de risco, como inverter o sentido de marcha nas auto-estradas».

As situações de emergência ocorrem inesperadamente, como a aproximação do fogo ou a perda de visibilidade devido ao fumo. Nessas situações, os condutores devem manter a calma, accionar as luzes de perigo e imobilizar os veículos a uma distância segura da fonte de perigo.

Devem de imediato comunicar com as autoridades através do 112 e deixar a berma livre para que os veículos de emergência possam circular.

A GNR, para além de estar a combater diretamente os incêndios através das forças do GIPS, reforçou o patrulhamento nas zonas mais afetadas pelos incêndios, com a principal preocupação de garantir a segurança das pessoas.

«Por favor, respeite as indicações dos militares da GNR. Eles estão lá para o ajudar», apela aquela força policial.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS