PAÍS

PAÍS -

GNR deteve 520 suspeitos em flagrante delito em operação de combate à criminalidade

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Guarda Nacional Republicana (GNR) realizou, durante os dias 17 e 23 de Junho, operações de combate à criminalidade e à sinistralidade rodoviária, que também incluíram a fiscalização de várias matérias sujeitas de contraordenação.

Ao nível das detenções, a GNR informa que deteve 520 suspeitos em flagrante delito, dois quais 115 diziam respeito a condução sob o efeito do álcool, 91 por condução sem habilitação legal e 31 por tráfico de droga.

Para além disso, esta força policial deteve ainda dez pessoas por posse ilegal de armas, nove por roubo, sete por violência doméstica e uma por incêndio florestal.

PUBLICIDADE

No capítulo das apreensões, a Guarda confiscou 5.256 doses de haxixe, 599 doses de cocaína e ainda 160 doses de MDMA.

Sem ser relacionado com drogas, esta força policial destaca que apreendeu ainda 30 armas de fogo, 24 armas brancas e 23 viaturas.

Por fim, no âmbito da fiscalização rodoviária, foram registadas 6370 infracções, das quais se destacam 935 por excessos de velocidade, 589 por falta de inspecção periódia e 246 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança.

Ainda nesta vertente, a GNR registou 221 infracções por uso indevido do telemóvel na condução, 235 por falta de seguro de responsabilidade civil e 236 relacionadas com falhas nos sistemas de iluminação e sinalização.

Para além disso, foram detectadas 262 infracções relacionadas com tacógrafos e 304 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.