PAÍS

PAÍS -

GNR regista três mortes e 22 feridos graves na “Operação Páscoa”

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A operação “Páscoa 2022”, realizada pela Guarda Nacional Republicana (GNR), e que decorreu entre os dias 14 e 17 de Abril, resultou na fiscalização de mais de 18 000 condutores, em acções de intervenção levadas a cabo pelos militares da Unidade Nacional de Trânsito.

Dos condutores fiscalizados pela GNR, 310 conduziam com excesso de álcool, sendo que 186 destes foram detidos por conduzirem com uma taxa de álcool no sangue igual ou superior a 1,2 g/l. Para além disso, foram ainda detidas 89 pessoas por conduzirem sem habilitação legal.

PUBLICIDADE

A GNR, em comunicado, refere que das 3873 contraordenações rodoviárias, 2371 diziam respeito a excesso de velocidade, 300 por falta de inspeção periódica obrigatória, 78 por anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização, 96 por uso indevido do telemóvel na condução, 179 por falta ou incorrecta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças, 125 por falta de seguro obrigatório.

Neste período, a GNR revelou que se registaram 676 acidentes rodoviários, de onde resultaram 3 feridos mortais e 22 feridos graves. Em relação às situações que envolveram vítimas mortais, esta força informou que os acidentes aconteceram em Braga, Vila Real e Monforte, c que as vítimas apresentavam idade compreendida entre os 29 e 57 anos.

A GNR termina o comunicado lançando o apelo aos condutores para uma «uma condução atenta, cautelosa e defensiva», realçando que os agentes de trânsito estarão particularmente atentos a manobras perigosas, à correta sinalização e execução de manobras de ultrapassagem, à utilização do telemóvel na condução, à condução sob o efeito de álcool, ao excesso de velocidade, ao uso, ou não, do cinto de segurança e ainda às condições de segurança dos veículos.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.