PAÍS –

PAÍS – -

Governo aprova requisição civil de enfermeiros com “efeitos imediatos”

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O Governo aprovou, esta quinta-feira, em Conselho de Ministros, a requisição civil de enfermeiros devido à greve cirúrgica destes profissionais de saúde.

Esta medida “não foi tomada de ânimo leve”, declarou a ministra da Saúde, Marta Temido, em conferência de imprensa após a reunião de Conselho de Ministros, acrescentando que terá “efeitos imediatos”.

PUBLICIDADE

A governante sublinhou “o respeito do direito à greve” mas fez “um apelo aos enfermeiros para que compreendam que a forma como o estão a exercer pode ser extremamente gravosa e desequilibrada”.

“Sendo uma opção de último recurso, será agora por portaria que se definirá o respetivo âmbito”, afirmou a ministra Marta Temido.

O governo justifica a medida com “o incumprimento da obrigação de prestação de serviços mínimos”, considerando estar a agir “de forma proporcional e na medida do necessário, de modo a assegurar a satisfação de necessidades sociais impreteríveis no setor da saúde”, segundo o comunicado da reunião de Conselho de Ministros.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.