SAÚDE -

SAÚDE - -

Greve dos enfermeiros no hospital de Braga adia 65 das 172 cirurgias previstas

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A greve dos enfermeiros, que decorre nos blocos operatórios de hospitais públicos desde 31 de Janeiro, levou ao adiamento nos dois primeiros dias de 645 cirurgias, mais de metade das 1.133 previstas, anunciou o Ministério da Saúde em comunicado. No Hospital de Braga foram adiadas 65 das 172 cirurgias previstas.

O Ministério vai divulgar semanalmente o número de cirurgias adiadas face às que estavam previstas em cada um dos sete centros hospitalares atingidos pela greve até 28 de Fevereiro, data em que termina a paralisação.

A maioria de cirurgias não realizadas registou-se no Centro Hospitalar Universitário do Porto seguindo-se o Centro Hospitalar Universitário de São João, no Porto.

PUBLICIDADE

Na semana passada, numa entrevista à RTP, a ministra da Saúde, Marta Temido, disse estar a equacionar usar meios jurídicos face à nova greve, por entender que levanta “um aspecto muito sério sobre questões éticas e deontológicas”.

A requisição civil dos enfermeiros está em cima da mesa.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS