CULTURA

CULTURA -

“Há jazz na Letra” traz os sons do jazz à Letraria do Porto durante o mês de Setembro

Share on facebook
Share on twitter
Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

No jardim escondido da Letraria do Porto, para além dos saborosos maltes e lúpulos da Cerveja Letra, os aficionados da cerveja artesanal podem usufruir da melhor experiência cervejeira acompanhada das envolventes sonoridades do jazz.  “Há Jazz na Letra” é o novo formato semanal das “jam sessions” promovidas pela Cerveja Letra no jardim da Letraria do Porto. Com uma componente de improvisação, que revela o lado mais informal do jazz, as sessões permitem que o público possa «desfrutar dos concertos num ambiente mais directo e próximo dos músicos».

No presente mês de Setembro, todos os domingos, das 18h às 21h, as jam sessions “Há Jazz na Letra” continuarão a ser lideradas pelos habitués Pedro Molina, no contrabaixo, e Antón Iglesias, na bateria, que virão acompanhados por um naipe de músicos convidados, inspiradores nomes da música da cena do jazz nacional.

Todos os concertos são gratuitos e, porque são ao ar livre, a sua realização estará dependente das condições climatéricas. Devido à actual pandemia de Covid-19, o acesso ao jardim será «condicionado a uma lotação que permita a manutenção do distanciamento social e o plano de contingência incluirá medidas de prevenção de contágio como circulação condicionada, com utilização obrigatória de máscara, regras de distanciamento social e de higienização das mãos, através da disponibilização de dispensadores de álcool-gel e desinfetante».

PUBLICIDADE

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS