JUSTIÇA -
Homem de Barcelos condenado por seduzir rapaz de 14 anos

Um homem de 68 anos “engatou”, com recurso a dinheiro, um rapaz de 14 anos em Barcelos e praticou actos sexuais com ele. Isto, apesar de ser casado. Foi, agora, condenado pelo Tribunal colectivo de Braga a um ano e dez meses de prisão, suspensos por igual período, pelo crime de recurso à prostituição de menores agravado. E vai, ainda, ter de pagar 1500 euros à associação de solidariedade social «Mundos de Vida».

Os factos ocorreram em Julho de 2016. O homem, de nome Manuel, passeava o cão junto ao rio Cávado quando conheceu o jovem. Meteu conversa e concluiu que ele tinha o – mau – hábito de fumar. Propôs-se ajudá-lo com dinheiro e passaram a encontrar-se de três em três dias.

Depressa começou a praticar sexo com o rapaz, dando-lhe cinco ou dez euros para tabaco. Masturbava-o e fazia-lhe sexo oral. Usaram o carro para estarem juntos durante um mês.

PUBLICIDADE

O caso veio a ser descoberto pelos pais que fizeram queixa do agressor à Polícia. Inicialmente estava acusado de três crimes, mas só um ficou provado em julgamento.

Para além das duas sanções, vai ter de se submeter a tratamento psiquiátrico próprio para agressores de menores. Se reincidir vai preso. No julgamento, as suas testemunhas, familiares e amigos, ficaram admiradas dado que desconheciam as suas tendências homossexuais.