BRAGA -

BRAGA - -

Index transforma Braga no epicentro mundial das Media Arts em Outubro

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Inserido na Cidade Criativa da UNESCO na área das Media Arts, Braga inaugura, em Outubro, o Index da arte e tecnologia. Entre os dias 23 e 27, o Index propõe uma reflexão sobre Arte e Tecnologia, através de três eixos de programação: pensamento, performance e exposição.

Em cada um destes três eixos, o Index leva à cidade alguns dos nomes mais relevantes no cruzamento destas duas áreas do conhecimento. Um total de 28 convidados, artistas e pensadores, de latitudes e longitudes várias, estão juntos durante cinco dias para apresentar a um público vasto e diversificado as diferentes manifestações artísticas onde a tecnologia tem um papel estruturante.

O painel de pensamento é composto por quatro mesas redondas. O programa performativo tem quatro espectáculos e estão em exposição também quatro obras de diferentes artistas.

PUBLICIDADE

O evento tem uma forte dimensão pedagógica em todos os três eixos, com particular incidência no eixo ‘Exposição’, onde se procura introduzir o público menos iniciado em Media Arts nos seus domínios mais elementares.

CONFLUÊNCIA DE PÚBLICOS

O Index foi calendarizado para decorrer antes e durante o Festival Semibreve. E ao mesmo tempo que decorrem na cidade o Artech 2019, a 9.ª Conferência Internacional sobre Artes Digitais e Interativas e a Reunião do Cluster das 14 Cidades Criativas da UNESCO na área das Media Arts.

“Braga é, assim, em Outubro o epicentro mundial das Media Arts, permitindo uma confluência de públicos e uma oferta mais diversificada para os visitantes nacionais e internacionais, que se juntarão ao principal destinatário de todo o nosso esforço em termos de envolvimento de públicos: o público local”, salienta a autarquia.

Os eventos realizam-se no gnration, Theatro Circo, Museu Nogueira da Silva, uma loja desocupada no centro histórico e avenida da Liberdade.

Recorde-se que Braga foi seleccionada em 2017, Cidade Criativa da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) no domínio das ‘Media Arts’.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS