VILA VERDE –

VILA VERDE – -

Investigadora vilaverdense ganha prémio internacional para jovens cientistas

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A investigadora da Universidade do Minho (UMinho) Luísa Pinto, natural de Vila Verde, conquistou um dos prémios dos Nature Research Awards for Driving Global Impact, que distingue investigadores em início de carreira.

Em comunicado enviado à Lusa, a UMinho refere que Luísa Pinto é uma das três vencedoras do prémio Nature que distingue jovens cientistas «cuja investigação tem um impacto positivo na comunidade», realçando o facto de ser a única mulher e a única portuguesa entre os finalistas.

PUBLICIDADE

Investigadora da Escola de Medicina da UMinho e do Instituto de Investigação em Ciências da Vida e da Saúde (ICVS), a vilaverdense tem vindo a desenvolver um estudo sobre a depressão.

Luísa Pinto está a investigar «novos mecanismos moleculares da doença numa parte especifica do cérebro, o hipocampo», sendo que nesta fase analisa «alterações moleculares nos astrócitos em animais com comportamento depressivo».

A investigadora portuguesa vai receber uma bolsa de 10 mil dólares americanos (mais de nove mil euros) e ainda um perfil na revista Nature e no “site” do prémio.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.